30 de janeiro de 2007

QUEM TRAMOU 2005?

Sendo a mais "fresca"/"fresquinha"/"frescota"/"frescazota"/"fresky" (e inúmeras outras coisas que querem dizer, de variadíssimas maneiras, exactamente o mesmo que "mais recente" ou "menos antiga") membra do Blog tenho uma questão a pôr-te a ti, Senhor e meu Guia, meu Mestre e Mentor, que me acende a noite, me guia de dia e...Truz truz. Voltando à questão (mas que raio foi isto? "Truz truz"??) inicial que ainda não me dignei a desenvolver, porque é que o Blog não tem Posts do ano 2005?
Aguardo com ansiedade a resposta.

29 de janeiro de 2007

ENTÃO, CORAÇÃO?

Frases e piropos de gosto dúbio.
Aqui vos apresento uma pequena lista, ou melhor, um verdadeiro Top 5, dos melhores (piores) nicknames amorosos. Espero que vos sejam muito úteis...

Na quinta posição temos aqueles mais adequados a saídas à noite em bares e discotecas de baixo calibre. Neste lote incluímos as já bem conhecidas frases de engate utilizadas pelos Marcos e Leandros que proliferam por esse Portugal fora. Quem ainda não ouviu um famoso "Ois Nina! Como é que é?", ou um "Oh Xuxa!", ou até o já clássico "Então boneca!?". Também nesta categoria se enquadram o "Princesa" e o "Linda".
Se de facto de identifica com este prefil então use e abuse destes piropos pois vão torná-lo um verdadeiro mestre do engate... do seu bairro. Compre também gel, um anel para o polegar, uma camisa com o máximo de cores possível e uns óculos escuros à maneira, para que fique bem catita.

No quarto lugar coloco aqueles bem gostosos, ou seja, associados a bens de consumo alimentar. Algumas sugestões: "Meu docinho de côco", "Moranguinho açucarado", "Bolinho de mel", "Pudinzinho", "Bombom", "Torrãozinho de açúcar". Estes são aplicados naquelas relações que já passaram as fases iniciais. De referir que o açúcar tem de estar sempre envolvido.

Entrando no pódio, e deixando o açúcar de lado, alcançamos o patamar dos fofinhos. Tudo está a volta de fofo: "Fofura", "Fofinha", "Ursinho", "Coelhinha" ou "Gordinha". Estes são utilizados quando o parceiro em questão apresenta peso excessivo, e não existe ponta por onde elogiar. Portanto, porque não chamar gorda à nossa Tânia, mas de forma carinhosa?

Em segundo lugar estão os substantivos picantes. Adequados a relações em que a cama e o carro se constituem-se como elementos fulcrais. "Gatinha", "Minha malagueta", "Diabinha", "Marota", "Danada" são alguns exemplos. Lembre-se que numa relação deste género estas nomenclaturas são essenciais para que a chama se mantenha sempre acesa.

No top dos tops, o campeão em SMS's, o mais utilizado em chamadas telefónicas e em cartas e o mais batido de todos em encontros à luz das velas, temos o nickname romântico. Falo-vos do sempre bonito "Amor", do estonteante "Paixão" e do maravilhoso "Coração". Estes três, reis incontestáveis da relação amorosa, foram os "derrete corações" de muita rapariga. O primeiro caso pode ser empreendido em toda e qualquer conversação, sendo aplicado no final de toda e qualquer frase: "Estou com fome, e tu amor?", "Vou só lavar a louça, amor.", "Apetecia-me uma cerveja, amor", "Estás muito fofa hoje, amor." Já o "Paixão" e o "Coração", claramente mais ardentes, demonstram uma devoção embevecida ao(à) seu(sua) "mais-que-tudo" podendo até significar noivado ou casório para breve.

Tirem então partido, agora, destas úteis palavras, e construam a vossa relação duradoira passo a passo.

PS - Não esquecer de abusar dos diminutivos (pudim nunca, pudinzinho sim...).

NOVO LOOK

O Gameirices renova-se.

Após árduo trabalho de semanas, temos o prazer de revelar o novo look do Gameirices. Salientam-se as madeixas ruivas no topo, e um arranjinho mais funcional.

Aceitam-se sugestões (com G!) para o que fazer com o espaço deixado em branco em baixo do arquivo. Publicidade? Uma receita da semana? Horóscopo? Agenda? Fotografias? Uma rubrica para cada um dos colaboradores? Digam de sua justiça.


PS - Rapaziada, agora deixa de ser preciso assinar os posts, combinado?

26 de janeiro de 2007

COSMOPOLITAN


Cosmopolitan é o cocktail que faz parte do final do dia das meninas de "Sex and the City". Por entre as fantásticas Prada, os exuberantes Marc Jacobs, passando pelos eternos Hermes e não esquecendo indispensáveis Dior, a pink dink transborda glamour e flavour. Porque não ter a versão feminina do clássico e másculo Martini? A deliciosa combinação de sabores, servida no elegante copo de martini transparece a atitude confiante e sedutora que cada girl tem em de si. Ideal para quem sonha sentir o que é um dia in Carrie Bradshaw's shoes, sentir Manhattan mais perto e acima de tudo passar tempo com as amigas.

A receita é simples:

perder-se pelos tão desejados Manolo Blahnik;
juntar as girls;
spot ultra fashion.

Tudo no shaker e está pronta a servir a noite cosmopolita ideal.

(1/4 chávena vodka;
2 colheres de Cointreau ou Triple Sec;
2 colheres de sumo de amora;
1 colher de sumo de lima fresco.

Agite os ingredientes num shaker cheio de gelo. Verta para um copo de cocktail previamente gelado. Para finalizar esprema a casca de laranja e queime (com um isqueiro por exemplo), ponha dentro do copo e está pronto a servir.)


MAS

24 de janeiro de 2007

COISAS QUE MINAM A CREDIBILIDADE DO SER HUMANO EM GERAL, E EM PARTICULAR

Olá amiguinhos! Então? Tudo de bom? Ainda bem.

Hoje venho comunicar-vos a minha admiração por algo muito especial... É isso mesmo. Como adivinharam? Falar-vos-ei do blog do Cláudio Ramos, essa pérola da blogosfera nacional. Íntima, mas ao mesmo tempo expressiva, grandiosa na sua pequenez e cheia de colocações de vírgulas erradas.

Há demasiados posts sobre os quais gostaria de fazer comentários melindrosos. Por hoje ficamo-nos por este, que não está mau.

No post E esta, Hein? o nosso Cláudio brinda-nos com uma tirada bem dada na questão que atormenta meia humanidade neste início de século: para que servem os telemóveis? Na opinião do Cláudio eles servem "para mandar mensagens, para comunicar com o mundo, ver televisão... e descobrir traições!" Tcharã! Cá está. O toque mágico à la Cláudio. A traição! O embuste! A farsa! Reparem como as reticências realçam a coisa. Se fosse num filme, a parte do “...e descobrir traições!” era acompanhada por umas violinadas tipo Psycho. Mas melhor do que o curto post são os comentários que se focam na questão premente levantada pelo Cláudio.

"E apetece-me dizer que que Cada um é como é e que ninguem tem nada com isso... Eu quando escolho amigo [sic] escolho-os pelo pacote todo e não por um ou outro pormenor.." diz-nos a Xana, que toca fundo na questão das traições por telemóvel. Tão fundo que nem fala delas.

Já a Cátia, de mão na anca, presumo: "Olá Cláudio! acho q mexer num tlm alheio é de um [sic] falta de educação tremenda... o meu "falecido" tinha isso por hábito e quando eu pus o código de bloqueio ele não achou muita piada... Pára tudo!!! homens há muitos :) e o meu ainda está para vir. Será q existe???". Duvido, Cátia, duvido. Mas como sou simpático, aqui tens uma dica: não é no blog do Cláudio Ramos que o vais encontrar.

A Denise vai mais longe na sua dissertação: "Decobrir traições pelo telefone?! Não, nunca me aconteceu, mas existe sempre uma primeira vez para tudo e a hora do corno infelismente [sic] toca a todos... (mas quem é que disse às pessoas que as traições são só corporaiS?!) Bjinho e um grande sorriso!" Sim, mundo! Acabem com esse estigma das traições que são apenas corporais! Há toda uma panóplia de traições a que todos viram a cara, ignoradas, sós, nesse mundo frio que é a "hora do corno", infelismente.

Até agora podemos ver como o Cláudio ostenta um considerável harém de fãs do sexo fraco. Mas voltemo-nos agora para o outro lado. Vamos ao Eduardo. Diz-nos o Edu: "Claudio escrevo só para te dizer que gostei de te ver hoje na turtulia [sic], estavas mais calmo, sereno e os teus comentarios foram mais interessantes. Gostei e por acho [sic] que este lado de escritor [sic!] nada tem a ver com o de comentador. Aqui mostras uma outra faceta mais deliciosa. De qualquer forma ficas mais interessante qd te apresentas calmo." O Eduardo prefere claramente o Cláudio com que nos deparamos no blog, mais calmo, “mais delicioso”. Enquanto que o balbuciante Luís Pontas, com saudades do seu velho Cláudio das manhãs da SIC, diz-lhe: "Trsite [sic] estás tu. Estavas hoje de manhã triste e um Cláudio diferente. Volta porqu ete [sic?] queremos com o mesmo coração de Leão :). abraço, Luis Pontas". Depois de a decifrar, o Cláudio de certeza que apreciou esta mensagem de encorajamento.

Ainda a respeito das tele-traições, a Sílvia F. sintetiza bem a coisa: "Uma traição é sempre um balde de água fria para o traído, pondo em causa a credibilidade do ser humano em geral." De facto, a simples existência de traições descobertas através de registos no telemóvel põe a credibilidade de toda a população mundial em causa. Mesmo monges tibetanos ou índios da América do Sul que nunca viram um telemóvel. Mas, se querem mesmo que vos diga, o que tira mesmo a credibilidade a qualquer um é visitar o blog do Cláudio Ramos.
A minha credibilidade está, portanto, neste momento no fundo de um poço a gritar por ajuda. Prometo que, para a semana, afundá-la-ei ainda mais na lama do fundo desse mesmo poço, pois conto falar-vos de um outro post do Sr. Ramos... Esse sim, de tirar a credibilidade a Professores Marcelos e Irans Costas.
JGP

RELÍQUIA RARA

A relíquia mais procurada do mercado negro de discos antigos...



JGP

PS - DGC, este Março já sabes o que tens para os anos.

23 de janeiro de 2007

TÃO 7º ANO...(1)



JGP

PS - (1) Ou outro ano escolar qualquer, caso não tenha nascido em 1987.

PPS - Pensando bem... Até pode ser que não seja ano escolar se tiver nascido antes de 1982 e já estiver na faculdade ou a trabalhar. Salvo alguém que tenha reprovado, que é como quem diz, "chumbado".

PPPS - Ou ainda, se tiver nascido antes de 1984, mas tenha desistido dos estudos no 9º ano. Esqueci-me disto.

18 de janeiro de 2007

AGORA QUE É CHECO, PENSA QUE É MAIS C'ÓS OUTROS

Lá porque é Checo (a curto prazo, se Deus quiser), pensa que pode cometer erros ortográficos a "torto e a direito"(uma expressão que remete para pensamentos impuros). Isto porque, para sua informação Sr. Veiga, Blog é com apenas um "G" ("Gê", como a professora Isabel Viola insitia em chamá-lo "Oh Gê, anda cá filho!" pois toda a gente sabe que o coitado só responde a "Guê" mas isso é um assunto que tem pano para mangas assim como o Aborto e os novos Radares de Lisboa não fugindo tudo da mesma linha de pensamento..."preocupações" que só têm este efeito Hiroshimioso em países de 3º mundo).

Blogg NÃO
Blog SIM

(agora vá para casa repetir 10x's a palavra para aprender em vez de andar a partir costelas nas aulas de 1ºs socorros)

P.S. - Sabes perfeitamente que não é nada pessoal meu coração, sei que me andas a trocar por essas checas deslavadas mas mesmo assim a chama do nosso amor continua bem acesa (tão acesa como os candeeiros da rotunda dos bombeiros à entrada da Portela de Sacavém, como quem vem da rotunda da BP) daí não ter razões para qualquer tipo de vingança, ódio, rancor, por aí fora até cair no ridículo das novelas da TVI.

MAS

17 de janeiro de 2007

CADA UM PIOR QUE O OUTRO!!

"Pois é, pois é Sr. Silva", como diria o outro, é uma frase que vem num total despropósito em relação a qualquer possível coisa que eu quisesse dizer neste meu breve brevíssimo (não bravo bravíssimo) comentário. Em resposta à vã procura de nomes para este blog, vã já que pesquisas no google sobre a primeira companhia cá vêm parar, coisa que me leva a pensar que de facto o nome "ONDE A FALTA DE GRAÇA SE ALIA AO MAU-GOSTO E AO CHEIRO A FRITOS" é o nome mais indicado, venho sugerir que o nome do blogg mude para "Se não consegue dizer os nomes de todos os países do mundo, em menos de dois minutos, é porque é burro e felizmente não obcessivo-compulsivo, e tem mesmo de ver este blogg onde o cheiro a fritos chega a dar aquele enjoo, aquela vontade de vomitar". Aqui, na República Checa, onde neva de uma forma tal, que mais vale ir para Portugal rezar para que venha uma nevezinha como a do ano passado (voltando à frase "Aqui na República Checa"), vai acontecer um referendo sobre este tema (nome do blogg), apontando as sondagens para que a votação no mesmo se dê nos valores habitualmente alcançados pelo Bloco de Esquerda, em qualquer eleição, de forma geral. Por outro lado é importante dizer que quem vota neste slogan, ou eslogano, como diz a gente nova, o faz com muita tranquilidade.
Com esta me despeço, António Veiga, correspondente especial do blogg "Nome em construção, tente mais tarde", Plzen, República Checa.

AV

8 de janeiro de 2007

PESQUISAS

Acabei de me deparar com algo tenebroso.

Alguém visitou o Gameirices utilizando a pesquisa do Google. As palavras da procura eram as seguintes: "cromos floribella bollycao". O visitante era lisboeta e mora nas coordenadas 38.7167, -9.1333 (Lat/Long), utiliza Windows XP e o Internet Explorer 6.0 com Java versão 1.3. O seu monitor tem uma resolução de 800x600 de 24 bits. Visitou-nos dia 4 de Janeiro às 18:22:29.

Tudo isto graças ao Sitemeter.

Já agora, aproveito para avisar. Isto não é um blogue infanto-juvenil rapaziada. Para isso têm este aqui.

JGP

PS - É excelsamente divertivo linkar.

PPS - 5 minutos depois descubro um outro cibernauta que nos visitou utilizando a pesquisa "1ª companhia tvi elenco".

NOVO ESLOGANO

Agradeço à minha cara colaboratriz a ajuda prestada na solução desta minha demanda pela letra da música de Diz que é uma espécie de magazine. E, para que o mundo veja como sou generoso (e bem-parecido, posso também acrescentar), vou aquiescer ao pedido feito por MAS no post "Cheiro a fritos", porque carga d'água? de 3 de Dezembro de 2006.

Primeiro que tudo queria enaltecer a magnífica elisão da letra E e a sua exuberante substituição por um apóstrofe na expressão popular "porque carga d'água". É importante não deixar escapar estes procedimentos linguísticos tão em voga outrora, e que enriquecem salutarmente a nossa língua-mãe. Agora que já usei palavras como elisão, exuberante, apóstrofe, linguísticos, voga, outrora, salutarmente e hertziano, já posso abandalhar um bocado, começando desde já por desapertar o nó da gravata e pedir um pratinho de tremoços.

Bem. Dizia eu que acedi ao pedido de MAS, que suplicava por uma mudança urgente daquilo a que chamou "nossa frase de boas vindas", e ao qual eu chamo de "nosso slogan" (aportuguesando dá, eslogano, daí o título do post. Que original e giro. [Para rir... - pelo menos eu estou]) ou então de "nosso Branco mais branco, não há". Apesar de considerar "Onde a falta de graça se alia ao mau-gosto e ao cheiro a fritos" um dos meus muitos momentos de génio (que já são 3 desde de 1987 [1]), concordo que não se perdia nada em inovar um bocadinho, só mesmo para fazer espécie aos muitos anti-inovadores retrógrados deste país como DGC.

Como tal, proponho que sujestões para o nosso "Branco mais branco, não há" sejam deixadas como comentários neste post. A melhor será escolhida em conjunto por mim, os outros dois colaboradores e aquele gajo da República Checa.

O autor da melhor sugestão ganha um curso de primeiros-socorros gratuito[2], dado por AV (linguadão incluído).

Proponho já[3] dois:

GAMEIRICES, o único blogue com problemas judicias com quatro funerárias ao mesmo tempo
GAMEIRICES, o blogue que dá mesmo vontade de adicionar aos favoritos, mas que depois, vai daí e apetece-nos ao invés ler um livro, por exemplo.

JGP

[1] Ler mil-nove-e-oitenta-e-sete.
[2] Ler gratuito, e não "gratuíto".
[3] Ler cartilaginoso.

4 de janeiro de 2007

RESPOSTA AO PEDIDO DE SOCORRO LANÇADO POR JGP DIA 05-11-06

A pedido de JGP aqui está a correcção e versão correcta (de ouvido) da música inicial do programa "Diz que é uma espécie de magazine".

(Un, deux, trois, quatre)
Diz que é uma espécie de magazine
Diz que é uma espécie de magazine
Nós vamos fazer humorismo
RECORRENDO SOBRETUDO À pilhéria
Mas vamos também discutir
DE FORMA EXTREMAMENTE séria
Digamos
Que vai haver variedades
E vamos dizer as verdades
À maneira de antigamente, tipo Gil Vicente e tal
Diz que é uma espécie de magazine
Diz que é uma espécie de magazine
ESCARNECER e criticar, maldizer e achincalhar
Será um pouco isto que iremos efectuar
(E de volta e meia também vão aparecer gajas nuas)


MAS

CASA DA MARIQUINHAS VS. MARIA ALBERTINA, BY CAMANÉ

MARIA ALBERTINA ROUBOU A CASA À MARIQUINHAS



MAS

AYE AYE CAPTAIN

A pedido de muitas famílias dos Olivais (espero que não me processem por as citar) dei a cara, assumi o meu contributo para a degradação da sociedade e maior amontoamento de lixo cibernético.



MAS MAS MAS EU MAS MAS MAS MAS MAS EU MAS MAS MAS MAS MAS EU MAS MAS MAS

MAS

3 de janeiro de 2007

PEDIDO PÚBLICO A M.A.S.

O blog Gameirices, na pessoa do seu colaborador principal, João Gameiro Pais, gostaria de, publicamente, apresentar um pedido de... Epá! Que sensação de déjà vu, ou paramnésia, que parece mais fino. Bem... O Gameirices gostaria, não de apresentar desculpas, mas de pedir a MAS que doravante(1) procedesse à assinatura de seus posts em formato dito "negrito" e alinhado à direita. Caso contrário arrisca-se a receber o DVD "Iran Costa Live in Linda-a-Pastora" pelo Dia de Reis.

JGP

PS(1) - Usar e abusar da palavra doravante, uma das minha resoluções de ano novo.

2 de janeiro de 2007

PERDIDAMENTE, BY LUÍS REPRESAS





MAS

RELATIVAMENTE AO POST "QUERO OUVIR ESSAS PALMAS!"

Desde já quero agradecer ao meu querido JGP por ter feito do "é o bicho, é o bicho. Vou-te devorar, crocodilo eu sou" a banda sonora da minha tarde solitária de estudo. Só espero não acordar durante a noite com suores frios e a perguntar pelo bicho do Iran. Quero elogiar os efeitos nada de "especiais" ou defeitos especiais do video, a fatiota roubada à produção da série televisiva americana "The Fresh Prince of Bel-Air" (1990) e o susto que os passageiros do barco, que faziam calmamente o troço Barreiro-Lisboa com o fim de chegarem ao humildes postos de trabalho para ganharem o pão-nosso, apanharam ao ver não o Godzila mas sim o Iran Costa.
É-de referir que mais atrás, numa embarcação de recreio, seguia um grupo de turistas japoneses que não hesitaram em sacar das objectivas e atordoar o pobre "animal" com flashes. Sim, sim as estrelas estão habituadas a capas de revista (Maria; Ana; Mariana; TV Guia; TV 7 Dias e outras publicações de tão ou mais elevada qualidade como o Guia Astral), programas para chorar em directo na TV, paparazzi até quando vão à...praia, um caso com o José Carlos Malato e/ou Merche Romero ou os 2 em simultaneo, entre outros), isto aplica-se a etrelas como a nossa querida Ana Mamalhoa, à Romena ou À Gata, estamos a falar do Iran el Costa..Por favor, mostrem respeito e dignidade pela fibra e qualidade do produto nacional. Há males que vêm por bem, tal não foi que nunca mais tivemos noticias do Iran.

(devido a recentes problemas judiciais dos quais o Blog foi vitima, qualquer semelhança com a realidade é pura mas puríssima tão pura tão pura que até parece verdade, ficção.)

MAS

BOM DIA DE REIS

O Gameirices deseja a toda a sua carrada de leitores um excelente Dia de Reis, recheado de muito bolo-rei (com sua respectiva fava e brinde) e de muitas outras coisas que se fazem no Dia de Reis, e que agora não me vêm à memória.

A respeito das outras festas menores que passaram, gostava de deixar um pequeno reparo. Os festejos do bimilésimo-sétimo aniversário do nascimento de Jesus de Nazaré, coincidentes com os do tricentésimo-sexagésimo-quarto aniversário do nascimento de Sir Isaac Newton e o centésimo-sétimo aniversário do nascimento de Humphrey Bogart, são um bom momento para cascar na administração da Câmara Municipal de Lisboa. Então não é que toda a parafernália luminosa montada na Avenida Almirante Reis, que se quereria piscante e iluminada nos últimos dias antes da noite do bacalhau e das oferendas, estava apagada! Manobra nojenta, na minha opinião, para prejudicar o comércio da zona do Intendente.

Quanto aos festejos de 1 de Janeiro, dia da Festa da Circuncisão do Senhor, no qual celebramos a submissão de Cristo à lei judaica, mas também a primeira vez que o Redentor perdeu sangue pela nossa bem-amada humanidade (com agá pequeno), gostava de mostrar o meu desagrado com a escolha de programação da TVI. Um filme erótico-pornográfico para festejar o novo ano? Da TVI estamos sempre à espera de surpresas, mas esta bate todas as que podíamos imaginar. Ainda se queixam sobre a falta de conteúdo cultural na programação da TVI. No entanto, aposto que muito solitário por esse Portugal fora preferiu o filme erótico da TVI ao Boletim Agrário na RTP1 ao que se seguiu uma reposição do documentário Hora Discovery: Growing Up - Gorilla. Já a SIC aposta também na precentagem elevada de telespectadores rebarbados à frente do ecrã (écran?) na noite do "revelhão", com o concurso de beleza Miss Teen USA, na qual, devo dizer, venceu uma loira burra que à pergunta "O que é para si a integridade", respondeu: "Integridade é lutar pelos nossos objectivos", em vez de uma morenaça bem mais gira. Bem, agora perdi-me. Circuncisão do Senhor, filme erótico-pornográfico, Boletim Agrário, integridade, pão-de-ló, morenaças... Ah! 2007, 2007... Espero que sejas bem melhor.

JGP
PS - Ainda tenho esperança que este ano o Benfica seja muito íntegro. Muito íntegro mesmo.