8 de janeiro de 2007

NOVO ESLOGANO

Agradeço à minha cara colaboratriz a ajuda prestada na solução desta minha demanda pela letra da música de Diz que é uma espécie de magazine. E, para que o mundo veja como sou generoso (e bem-parecido, posso também acrescentar), vou aquiescer ao pedido feito por MAS no post "Cheiro a fritos", porque carga d'água? de 3 de Dezembro de 2006.

Primeiro que tudo queria enaltecer a magnífica elisão da letra E e a sua exuberante substituição por um apóstrofe na expressão popular "porque carga d'água". É importante não deixar escapar estes procedimentos linguísticos tão em voga outrora, e que enriquecem salutarmente a nossa língua-mãe. Agora que já usei palavras como elisão, exuberante, apóstrofe, linguísticos, voga, outrora, salutarmente e hertziano, já posso abandalhar um bocado, começando desde já por desapertar o nó da gravata e pedir um pratinho de tremoços.

Bem. Dizia eu que acedi ao pedido de MAS, que suplicava por uma mudança urgente daquilo a que chamou "nossa frase de boas vindas", e ao qual eu chamo de "nosso slogan" (aportuguesando dá, eslogano, daí o título do post. Que original e giro. [Para rir... - pelo menos eu estou]) ou então de "nosso Branco mais branco, não há". Apesar de considerar "Onde a falta de graça se alia ao mau-gosto e ao cheiro a fritos" um dos meus muitos momentos de génio (que já são 3 desde de 1987 [1]), concordo que não se perdia nada em inovar um bocadinho, só mesmo para fazer espécie aos muitos anti-inovadores retrógrados deste país como DGC.

Como tal, proponho que sujestões para o nosso "Branco mais branco, não há" sejam deixadas como comentários neste post. A melhor será escolhida em conjunto por mim, os outros dois colaboradores e aquele gajo da República Checa.

O autor da melhor sugestão ganha um curso de primeiros-socorros gratuito[2], dado por AV (linguadão incluído).

Proponho já[3] dois:

GAMEIRICES, o único blogue com problemas judicias com quatro funerárias ao mesmo tempo
GAMEIRICES, o blogue que dá mesmo vontade de adicionar aos favoritos, mas que depois, vai daí e apetece-nos ao invés ler um livro, por exemplo.

JGP

[1] Ler mil-nove-e-oitenta-e-sete.
[2] Ler gratuito, e não "gratuíto".
[3] Ler cartilaginoso.

9 comentários:

MAS disse...

Não gosto de nenhum, mal por mal adoptamos um gato.

Anónimo disse...

Porque motivo é que "sugestão" no plural fica "sujestões"? Será pela mesma razão porque um eslogano não é um habitante da Eslogânia?

masterg disse...

Gameirices - um blog cmo os otros, mas melhor

Ze disse...

Gameirices, o blogg perdido do ciber-submundo.

linda_a_velha_bob disse...

GAMEIRICES

(só isto meu)

Anónimo disse...

o blog da bandalheira e do forrobodo

JGP disse...

Sim senhor, óptimas sugestões...

MAS disse...

Gosto da sugestão "só isto meu"

GAMEIRICES
Só isto meu.

Hugo disse...

Gameirices: calem-se e oiçam!