15 de outubro de 2007

E O BIGODE DE ELEIÇÃO UNIVERSAL É DE...

Chegou ao fim a última etapa de um processo épico iniciado em Julho. Depois de Quim Barreiros e Ned Flanders terem vencido as suas respectivas categorias há umas semanas, chegou a altura de conhecermos qual é, de facto, o melhor bigode a nível universal.


Antes de revelarmos o vencedor, resta-me agradecer a DGC todo o empenho que depositou neste projecto, assim como a todos os votantes conhecidos e anónimos. Ainda um agradecimento ao blog Voz Própria e a António Lopes da Costa pela divulgação.

Vamos então aos resultados.

6.º lugar

Em último lugar, mas mantendo toda a sua dignidade, ficou Super Mario. O canalizador italiano virtual, de bigode tapado por um nariz de batata, encontrou uma forte aliada em MAS que por ele fez campanha na primeira fase. Passou à final mas pouco pôde fazer contra os pesos-pesados que se encontravam em jogo.


4.º lugar

Não há 5.º lugar pois temos um empate entre duas figuras totalmente díspares. Um ex-campeão de wrestling careca, que usa habitualmente tanga e gorro amarelos, com um bigode descolorado de luxo, contornando a boca formando uma espécie de dólmen. Falamos de Hulk Hogan, a única figura internacional do mundo real que chegou à finalíssima.

Empatado com Hogan temos Sua Alteza Real o Duque de Bragança, D. Duarte Pio. Provavelmente o único post do mundo em que se fala dos dois ao mesmo tempo... D. Duarte, Dudu para os amigos, arrecadou 9% dos votos e com dignidade conseguiu um pouco mais de visibilidade para a causa monárquica. Pelo menos no mundo dos amantes do bigode.

3.º lugar

Em terceiro lugar ficou Ned Flanders. Pai de família, viúvo, conservador, amado por todos, detentor de um bigode com cobertura do lábio superior. O vencedor da categoria internacional ficou-se pelo último lugar do pódio. Um excelente resultado para a personagem dos Simpsons, conseguindo 17% dos votos, e chegando a ameaçar a luta entre os dois titãs classificados em 1.º e 2.º.

2.º e 1.º lugares

Não faria sentido anunciarmos primeiro o 2.º lugar já que estragaria o anúncio do verdadeiro vencedor.

Todos sabem da luta épica travada entre as duas bigodaças de Artur Jorge e Quim Barreiros (aqui apresentados por ordem alfabética). Estes dois Senhores (com S maiúsculo) constituem-se como dois representantes de dois campos que são baluartes do bigode nacional: o mundo do futebol e da música popular.

A luta começou com Quim Barreiros a distanciar-se na frente, sendo que só uns dias depois Artur Jorge o apanhou continuando ora à frente um, ora à frente o outro, ora empatados durante todos os dias da votação. Sexta-feira passada Artur Jorge conseguira uma vantagem mais confortável de 2 votos, mas Quim Barreiros acabaria por conseguir uma recuperação notável para 2 dias e até ao minuto final não era possível determinar quem seria o vencedor.

Às 0h00 de Domingo 14 de Outubro para Segunda-feira 15 de Outubro de 2007, os dois encontravam-se separados apenas por um voto. Um voto apenas! E é apenas isso que podemos revelar. Resta-nos saber quem ficou à frente. Será que Joaquim de Magalhães Fernandes Barreiros conseguiu reduzir a vantagem de Artur Jorge Braga Melo Teixeira ou o treinador vencedor da Taça dos Campeões Europeus com o FC Porto em 1987 conseguiu manter-se firme na liderança?

Chegou então a altura.

E o vencedor...







...só será divulgado hoje à noite. Até lá, mantém-se o suspense...

Sem comentários: