30 de março de 2009

A HORA DA PIADA "NEGRA"


Psiquiatra: Tenho boas e más notícias.

Paciente: Diga-me Doutor, qual é a má notícia?

Psiquiatra: A má notícia é que tem Alzheimer...

Paciente: Oh! Meu Deus, Doutor, e qual é a boa notícia?

Psiquiatra: Pode ir para casa e esquecer tudo.

Um bigode menos conhecido na história mas igualmente importante.

A HORA DA PIADA SECA - VERSÃO PSICÓLOGOS


Que sinal é que estava à porta do laboratório de Pavlov?

Por favor não toque à campainha.

Um grande bigode que ficou na história.

27 de março de 2009

GRANDE SONORIDADE XII

Fevereiro passou e grande sonoridade nada. Março está a acabar mas ainda vou a tempo de mais uma musicalidade. Já que a M80 não me convida para o programa da manhã Raio X, tenho de fazer as minhas escolhas aqui pelo Gameirices. A decisão do júri para este mês (júri composto por mim e pelo Tó Zé, a outra pessoa que vive dentro de mim mas mais no lado esquerdo) recai sobre os Spandau Ballet, uma banda conhecida por muitos que por aqui passem suponho. Originários do Reino Unido, os Spandau Ballet faziam concorrência aos Duran Duran nos anos 80', que na altura pensavam ter o monopólio do Pop. Não podiam estar mais enganados. Ora aqui vai um bom exemplo de puro Pop.

Este momento foi patrocinado por BES Soluções de Reforma (PPR). Vá, já fizemos publicidade agora passem para cá a massa.

UM SENHOR BIGODE IV

A cada dia que passa vejo mais teias de aranha a aparecerem nos cantos deste blog. Não sei o que se está a passar, uns dizem que não têm tempo para escrever, outros não andam inspirados. Espero que esta fase passe rapidamente porque estamos a cair no esquecimento.
Como forma de combater este abandono trago-vos hoje um senhor bigode. Só um cheirinho para animar a casa. A fotografia foi tirada mais uma vez nas festas de Ponte da Barca (2007) que para quem não sabe fica bem lá em cima onde o bigode é rei e senhor. Podemos constatar nesta bonita fotografia como um bigode pode tomar uma forma bastante original conferindo uma personalidade malandra ao seu portador.

11 de março de 2009

A HORA DA PIADA DE SECA XI

Para não dizerem que não escrevo nada (mesmo com teste de Cálculo II) aqui vai mais uma seca que ouvi recentemente.

Que nome se dá a uma neta do Super Mario?

R: Super Marioneta.

4 de março de 2009

COISAS QUE MELINDRAM III: EDIÇÃO ITÁLIA

Coisas chatas como a potassa, que me aconteceram até agora:


1. Secar 3 horas no aeroporto de Roma, sem poder ver a cidade, antes de vir para Itália.

2. Chegar cá a achar que as temperaturas eram género Lisboa, quando cá fazem 2 graus à noite, ou menos. O casaco quentinho que tenho é, portanto, até agora, a minha imagem de marca.

3. Não se usar o gás cá de casa porque se usou durante 2 semanas e quem cá estava pagou 300 euros. Mesmo que quisesse só usar o do meu quarto não consigo, porque o aquecimento está avariado e só dá para ser usado quando toda a casa está a ser aquecida. Resumindo, passo um briol do camandro.

4. Os polacos de cá falam inglês literalmente a 2 à hora. Por entre cada palavra de inglês arranhado colocam um "aaaaaaaaaaa" prolongado. Quando falo estou sempre a completar-lhes as frases, como normalmente se tem tendência para fazer com os gagos.

5. É proibido estender a roupa nas fachadas das casas. Por outro lado, há uma certa invasão de pombos nestas paragens. Conclusão, nas traseiras também não dá. A não ser que este ano esteja o verde-caca na moda.

6. O Carrefour é a meia-hora a pé (sem sacos), 45 minutos a voltar com sacos. Transportar provisões para um mês não é de todo boa idea. Que o digam as minhas articulações dos dedos, para quem Erasmus até agora foi basicamente como estar na tropa. (Também transportar 2 malas com um peso acumulado de 45 kg de de uma ponta à outra da cidade não foi aprazível, não senhor)

7. Mosquitos. Há muitos mosquitos. Eu sei que disse que havia temperaturas de 2 graus à noite, mas incrivelmente há mosquitos. Ou melgas, não os sei distinguir. E tenho uma fresta na janela do quarto onde os sacanas entram. Nunca tinha tido picadas de mosquito em pleno Março.

8. Atravessar numa passadeira aqui, quando não existem semáforos, é como atravessar a Marginal na curva do Mónaco de olhos vendados e vestido com um fato camuflado. Ninguém pára. E falo de carros, motas, autocarros, táxis, e bicicletas. Já agora, toda a gente anda de bicicleta, incluindo velhinhas doidas de 70 anos que andam de bicicleta em zonas pedonais feitas Fangios.

9. Um menu no McDonald's são 6€ e picos.

10. As coisas fecham às 2 da manha, e a partir da meia-noite não se vende álcool. Conclusão, tudo se põe emborrachado até essa hora. É difícil explicar estando sóbrio que alguém te está a pisar durante minutos a fio.