26 de dezembro de 2007

A HORA DA PIADA SECA I

Hoje vou dar início a uma nova saga do Gameirices. Assim com JGP tem as suas "Curtas", vou começar a desenvolver, ocasionalmente, as "Secas"!
E o que são as secas?

Bom... ainda não as sei definir correctamente, uma vez que só agora vou dar início ao grandioso projecto, mas já tenho uma ideia. As "Secas" vão ser qualquer coisa que se pareça com piadas secas ou de mau gosto. Assim, como tenho uma fraca memória para piadas, ao registá-las vai ser mais fácil lembrar-me delas mais tarde.

Por exemplo: Piadas em relação ao Dino. Ainda se lembram? Aquele charado dos morangos com açucar? (estas já estão um bocado desactualizadas, mas enfim...)

1. O que é que o eucalipto diz para o carro do Dino?
Rsp: Toma lá morangos!!

2. Quem é que ficou a ganhar com a morte do Dino?
Rsp: A Diana Chaves, uma vez que passou a ser sempre a empregada do mês.

3. O que é o Dino faria neste momento se estivesse vivo?
Rsp: Aranhava o caixão.

4. Quem é o novo membro da família Adams?
Rsp: Francisco Adam!

5. Não me lembro de mais...

E está feito.

Realmente são um bocado... digamos, porcas, mas têm de ficar escritas. E não pensem que este post tem alguma relação com o meu ódio pessoal a pessoas que gostam de levar uma prancha para a praia.

Até à próxima.

25 de dezembro de 2007

CRAZY INDIAN MUSIC

Não gosto de abusar dos filmes, mas este é bom demais para não o colacar à disposição dos estimados visitantes imediatamente!

As danças que vos apresento são melhores que as do Borat.

24 de dezembro de 2007

BOM NATAL



Toca a comprar meninas!

P.S. - Post histórico. É o 200º.

20 de dezembro de 2007

COMIDA FESTIVA

Peru recheado. Bacalhau espiritual. Os dois pratos mais comidos pelas famílias portuguesas na ceia de Natal. Nunca como nenhum.

Não me conseguem convencer que o peru não é mais do que a classe alta do frango. E para comer peru, prefiro em bifes e panados. Já o bacalhau é muito salgado, e tem demasiado azeite.

A alternativa? Ferrero Rocher.

Mãos deles. Um taça inteira. Até ficar com a boca castanha do chocolate e com pedaços de amêndoas presos nos dentes. Isso, para mim, é o Natal. Como um croquete, um rissolinho também vai, como uma rabanada, um sonho, uma tosta qualquer, mas quando me põem Ferrero Rochers à frente é comer até sentir que se calhar devia tomar um Imodium Rapid.

Como brinde, tomem lá o anúncio. Só consegui encontrar a segunda versão em português. Mas numa versão italiana encontrei o original, com o lendário Ambrósio.





Em português era: "Ambrósio?" - "Sim, senhora." - "Apetecia-me tomar algo." - "Paramos para tomar alguma coisa, senhora?" - "Não. Apetecia-me algo bom. Apetecia-me Ferrero Rocher." - "Tomei a liberdade de pensar nisso, senhora." - (sai a pirâmide de Ferrero Rochers) "Oh! Bravo Ambrósio" - (voz off) Ferrero Rocher, satisfaz um desejo de requinte.

14 de dezembro de 2007

SAUDADES

Rua Sésamo. Nostálgico.



Reparem na cara final. Foi daqui que os Malucos do Riso plagiaram o final de todas as suas piadas.

PS - O que eu gostava de ver uma plantação de agripinos...

O SIGNIFICADO

Tenho um post meio feito sobre cartões de mediums e videntes daqueles tipo Professor Mamadu, mas a matéria é tão extensa e cheia de potencial em toda a sua essência que me tem sido impossível terminar o post. Provavelmente tratá-lo-ei por tópicos.

Por isso, hoje, rebuscando o nosso baú de ideias para posts lembrei-me de algo nunca antes explicado.

O que é uma gameirice?

Sim. Esta espelunca tem 3 anos e ainda ninguém explicou o que é, de facto, uma gameirice.

Etimologicamente, um gameiro é um terreno onde havia gamos (cervídeos tipo renas, ou alces). A definição dicionarística de uma gameirice terá necessariamente de ser algo como "acto digno de um gamo".

Ora, cervídeos não é nenhum dos temas até agora tratado aqui. Se bem que DGC é castiço o suficiente para gostar de caça. Mas, de qualquer forma, ainda não foi tratado.

Fica assim, lançado o desafio. Aliás, acho que posso chamar quimera. Fica lançada esta quimera para encontrar o verdadeiro significado da palavra gameirice.

Já agora, fiquem sabendo os significados de algumas outras palavras relacionadas com este blog:

(por ordem alfabética)
Almeidisse
Uma almeidisse é o acto de não apenas achar que tudo que se diz está absoluta e inquestionavelmente correcto, mas também convencer por completo o interlocutor de que o que aquilo que diz é umas das leis basilares do universo. Seja a conversa sobre a teoria da criação, música ou baton para o cieiro.

Coutinhisse
Uma coutinhisse é algo simples e com que de certeza já se depararam no vosso dia-a-dia. É a capacidade de ripostar a ataques pessoais juntanto apenas a expressão "o quê!" no seu final. Exemplo: "Epá, não sabes jogar FIFA", "Conduzes muita mal", "Nem sequer sabes saltar ao eixo!"; respostas: "Não sei jogar FIFA, o quê!", "Conduzo mal, o quê!", "Nem sequer sei saltar ao eixo, o quê!" (reparem no pormenor de deixar ficar o "nem sequer sei"; se fosse só "Não sei saltar ao eixo, o quê!" não estaria correcto, ou pelo menos, nunca seria classificado como uma coutinhisse.)

Faustinisse
Uma faustinisse (ou faustisse, segundo alguns autores) é a capacidade ultra-rara de conseguir introduzir um inuendo altamente ordinário e sexual na mais simples e bonita das coisas. Se carros e veículos motorizados vários estiverem envolvidos tanto melhor. Não vou dar exemplos, mas imaginem o que é conseguir proceder a transformação da frase "O sol raiava, os passarinhos cantavam e o cheiro das flores inundou toda essa manhã de Primavera" em algo que faça corar o Quim Barreiros ou o Fernando Rocha.

Veiguisse
Uma veiguisse é a transposição rápida em palavras (sem passar pelo cérebro e sistema nervoso) de uma desculpa esfarrapada para um erro crasso praticado milésimos de segundo antes. Exemplos: falhar um remate a jogar FIFA: "Ai, escorregou o dedo no botão do comando."; tropeçar na bola quando se vai rematar: "Epá, o sol está mesmo a bater-me de frente"; fazer um prego com as mudanças do carro: "Sabes o que é, isto é de quase não conduzir na República Checa."

Esclarecidos? Ainda bem.


PS - Já agora: uma almeida é um tipo de chão plano, ou um planalto, um couto é um tipo de propriedade medieval; fausto significa ostentação; e uma veiga é uma planície fértil. Portanto é possível que haja um couto constituído por almeidas e veigas, e com um gameiro também, cheio de gamos a saltitar. Se houver é de certeza um couto muito faustoso.

9 de dezembro de 2007

TRIUMPH

Qual será a melhor maneira de reduzir os acidentes na Segunda Circular? Radares?? Alguém já pensou em retirar os cartazes da Triumph? Talvez fosse mais eficaz.

Não é por acaso que todos os dias ouvimos "acidente à entrada da Segunda Circular no sentido Norte-Sul. Um carro que se terá despistado embateu..." Blábláblá.

É óbvio que qualquer homem que entre em Lisboa pela A1 a primeira coisa que vai reparar é na enorme fotografia da Cláudia Vieira a desejar-nos bom Natal e não nos carros que tem à sua frente. E o que é que os mais alarves pensam: "Bom natal!? Bom Natal seria se o menino Jesus me deixasse um presentinho como tu!".

Ok, mas não pensem que isso me veio à cabeça! É verdade que reparo sempre se já mudaram o cartaz e, quando não há nenhum, fico sempre desiludido. Isabel Figueira, Marisa Cruz, Cláudia Vieira... Quem se seguirá?

E este foi mais um interessantíssimo post sobre um desinteressantíssimo tema. Acho que já são 143.

6 de dezembro de 2007

NEVOEIRO DO CAMANDRO

Se na República Checa deve andar a cair neve ao magotes, por cá temos uma versão foleira da coisa. Não me lembro de haver 2 dias seguidos em que o nevoeiro estive permanentemente a fazer-me festinhas na cabeça. Parece que estamos dentro da fornalha de uma fábrica de cimento, só que com frio. Ligar as luzes de nevoeiro de manhãzinha já me tinha acontecido, agora ligá-las às 2h da tarde é obra. São Pedro deve estar a esfregar as mãos de contente, ou então devia deixar de fumar.

Isto faz-me lembrar uma história. Uma das perguntas que o examinador me fez no meu primeiro e brilhante exame de condução (que chumbei) foi "Sabe ligar as luzes de nevoeiro?". Pergunta à qual respondi com a maior das confianças: "Claro que sim, Sr. Antunes." Não se chamava Antunes, mas acho um nome perfeitamente adequado a um examinador. Enquanto dizia estas palavras pensava para dentro "Epá, como é que era, como é que era, como é que era, como é que era?..." chegando a conclusão que tinha de encontrar um botão qualquer. Aí ele ripostou qualquer coisa que pode ter sido algo como "Então ligue-as lá" ou então "Mas eu não me chamo Antunes", não me lembro bem. Só sei que subitamente me lembrei do sítio do botão, levando lampeiro o dedo ao dito cujo. Carreguei. Nada. Carreguei outra vez. Nada. Olhei para a cara do Sr. Antunes. Nada. Disse "Que estranho..." e voltei a carregar.

"Deixe lá estar isso. Não vale a pena tentar mais, já vi que não sabe", ouvi. Mas o que queria ter ouvido era mais um "Deixe lá estar isso. As luzes devem estar fundidas".

Fica então o aviso para todos os que estão neste momento a tirar a carta. Para ligar as luzes de nevoeiro tem de se ligar primeiro os médios. Para quem não sabe o que são os "médios", então é melhor começar a pensar em desistir da ideia de tirar a carta e compre já mas é o passe para Dezembro.

De referir também que a razão de ter chumbado não teve nada a ver com não saber ligar as luzes de nevoeiro. Ao que parece pessoas como o Sr. Antunes não são apologistas da ideia de passar com o sinal vermelho.

PS - Hoje recordei-me disto porque me lembrei à primeira, quando ia para a faculdade, que devia ligar os médios primeiro antes das luzes de nevoeiro. Para a próxima tenho de me lembrar é de desligar as luzes todas quando estaciono o carro. Lembrei-me uns 10 minutos depois e tive de vir cá fora desligá-las antes que a viatura ficasse sem bateria.

5 de dezembro de 2007

O TÍTULO É: NÃO TENHO IDEIA NENHUMA

Este blog está, na minha opinião, a tornar-se extremamente desinteressante. Há que fazer qualquer coisa! Pelos meus lados não reina a imaginação para escrever nada, e os trabalhos e testes na faculdade também não ajudam. Nem para escrever este miserável post tenho ideias de alegrar a coisa... Não sei o que se está a passar. Amanhã mudo para ares ribatejanos durante uns 5 dias. Pode ser que depois disso me venham ideias, ou aconteça algo de tal forma estúpido que me faça perder algum tempo a escrever um texto recheado de porcaria e algum, vá lá, sarcasmo. De facto é o mais provável porque o que não faltam são temas e acontecimentos idiotas neste país.

Se ao menos todos os colaboradores deste blog se lembrassem da sua existência talvez isto tivesse mais animação. A falta de imaginação de uns seria compensada pelos outros. Mas como estarem aqui ou não é igual, isto vai continuar a ser assim. Uma pasmaceira! Ou como diria um dos nossos leitores, apenas um blog perdido no cibermundo. Esperemos que melhores dias venham aí.

Vá lá! Façam qualquer coisa.

4 de dezembro de 2007

CURTAS V

Se o meu sistema nervoso se deixasse afectar pelo Benfica acho que há muito que dormia numa cama reservada ali no cruzamento da Av. Roma com a Av. do Brasil.

3 de dezembro de 2007

NÃO HÁ PAPEL


Sempre admirei a capacidade dos autores do MacGyver para fazer uma série estimulante sem terem argumento. Mas fazer uma retro-escavadora com cascas de laranja, palitos e um dedal não é para qualquer um.

30 de novembro de 2007

MÚSICA PARA ESTRAGAR REPUTAÇÕES

Continuando a falar de música gostaria de deixar aqui claro que as cinco que apresentei no último post não são as únicas que me ecoam diariamente no aparelho auditivo.

Há mais umas. Maravilhoso Coração e Ninguém, Ninguém de Marco Paulo são outros hits que recorrentemente canto. Também Depois de Ti Mais Nada do Tony Carreira e Sempre que o Amor Me Quiser da Lena d'Água surgem na lista dos mais tocados. Outras incluem o Aqui no Mar e Beije a Moça da Pequena Sereira, o Príncipe Ali do Aladino, o Final Countdown dos Europe, o Amazing Grace, o Gafanhoto Cilista do Avô Cantigas e a música de um anúncio da Kinder de há alguns anos.

Ok. Podem começar a gozar a partir de... agora!


No entanto, hoje vinha falar de outra coisa: músicas que supostamente se devia detestar mas que apesar de tudo até se tem um certo prazer em ouvi-las.

Exemplo: Umbrella da Rihanna com o Jay Z (acho que também há outra versão com um gajo qualquer do qual não me lembro o nome, e que substitui a palavra "umbrella" por "cinderella"). É certo e sabido que esta música é má, irritante, absolutamente banal e causa comichão nos ouvidos. No entanto, assumo aqui publicamente que não consigo mudar a estação quando a oiço na rádio. Por vezes dou comigo a cantar isto e a dar audiência à Cidade FM. Depois chicoteio-me em casa, tranquilizem-se.

Outro exemplo é o What I Want do Bob Sinclar (e não Sinclair, confirmem aqui). Nunca fui muito à baila com os assobios do Sr. Sinclar. Ainda consegui disfrutar do Love Generation mas a partir do World Hold On só o Rock This Party é que admito que ouvi com frequência. Agora, o What I Want é qualquer coisa digna de autoria do demo. Aquela mistura de música tribal com uns sons satânicos e berraria alegre e descontraída impede-me de parar de ouvir este êxito do afamado DJ francês. Classifico-a como música de dança ideal para um sacrifício de galinhas. Mas um sacrifício de galinhas bom. Com muito pessoal a adorar a Satã e a dançar loucamente à volta de uma fogueira. É viciante. É bom. Acalma o espírito.


Depois põe-se 10 minutos na Antena 2 para reverter um pouco o processo de embrutecimento.

PS - Ah, e gosto do vídeo clip refinado.

27 de novembro de 2007

UM PARABÉM, DOIS PARABÉNS, TRÊS PARABÉNS

Hoje o Gameirices faz três anos. 3 anos de muita postagem, galhofada, estupidez e desperdício de tempo. 4200 visitas e uma base de leitores quase do tamanho da massa associativa do Sport Lisboa e Olivais.

Que balanço fazemos? Óptimo, claro. Nada do outro mundo, mas acho que 140 posts neste ano até é uma boa marca. Não se esqueçam que, como disse um tal de linda-a-velha_bob quando se votou a mudança da frase de boas vindas, este é apenas "mais um blog perdido do ciber-submundo".

Elegemos o detentor do mais deslumbrante bigode que a Humanidade conheceu: Artur Jorge. E desvendamos o pior 11 do Benfica de sempre. Falamos de coisas interessantes que vão desde calos nos pés ao PCTP/MRPP, passando pelas condições atmosféricas na Europa Central, sempre mantendo um nível digno e respeitável. Conhecemos 4 colaboradores, assistimos a 3 mudanças de visual e quase que conseguimos um processo de algumas agências funerárias.

Por isso, nada melhor do que um vídeo de ténis de mesa para comemorar.



Venham outros 3 então!



PS - Com este post finalmente consegui tirar a fotografia do calo da página principal.

26 de novembro de 2007

ZÉ TUGA NO SEU MELHOR

Não sei se reparam mas na passada semana ocorreu uma explosão num prédio em Setúbal. Ao que parece terá sido provocada por uma fuga de gás. A situação em si não tem muita piada, até porque ia mandando para os anjinhos uns quantos moradores. O que de facto me deu vontade de rir foi a peça que a RTP apresentou ontem à noite e que documentava a análise dos técnicos do LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil).

A jornalista (que não sei o nome) começa por descrever o cenário do prédio em risco de colapso como desolador e a fazer lembrar um cenário de guerra. Logo após esta introdução afirma que "durante toda a noite e ao longo do dia de hoje decorreram trabalhos de consolidação do edifício". E quem é que aparece nesse mesmo instante? Zé Tuga, como não podia deixar de ser! Lá está ele! Capacete na carola e bigode lustroso a tapar os buracos das paredes com um bocado de massa. Assim sim! É disto que o país precisa, gente competente. Ora se o edifício está prestes a vir a baixo o que temos de fazer é dar aqui um jeitinho na coisa para ver se isto não cai! E se cair temos de pena. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. Para quê guardar ressentimentos?

Isto é Portugal!

Não têm nocão da vontade de rir que me deu naquele instante. Parecia mesmo aqueles tesourinhos deprimentes do Gato Fedorento mas versão real.

Confirmem com os vossos olhos e, logicamente pois (como díria o Figo ou o Paulo Bento) com os ouvidos também. Segundo 10'. Muita atenção, vejam aqui.

CURTAS III E IV

1. A existência da mascote chamada Popota prova que a precipitação de pianos de cauda e bigornas tem vindo a decair muito desde os desenhos animados da Warner Brothers dos anos 40/50.

2. Cristiano Ronaldo é dos homens mais poderosos do mundo. Conhecem mais alguém que consiga estar na capa do PES 2008 e do FIFA 2008 ao mesmo tempo?

25 de novembro de 2007

0 - CENSORED

Estes são o tipo de filmes que os meus primos me recomendam. Este está simplesmente lindo e o intérprete principal já é o meu novo herói!

24 de novembro de 2007

A FARSA

Estou irritado!

Obviamente existe um motivo. Alguém já ouviu falar do Desafio SEAT by BPN? Pois bem... o Desafio SEAT é basicamente uma corrida em carros da Seat para jovens universitários, no circuito do Estoril, e que a organização apelida de emocionante e muito competitiva. OK... um desafio interessante.

Mas onde é que está a palhaçada no meio disto tudo? Realmente o que dá vontade de rir neste evento são as provas de selecção dos finalistas, ou melhor da primeira fase de selecção. É que as inteligentes pessoas que se lembraram de o criar (e já vai na 3ª edição), não tiveram melhor ideia do que seleccionar os estudantes universitários como eu, com um prova virtual manhosa a duas dimensões! Basicamente tínhamos de dar duas voltas a uma pista sem bater em pins e arbustos que obstruíam o percurso, e fazê-lo no menor tempo possível. Obviamente não me classifiquei.

Isto faz com que os nerds que passam a vida em frente a um computador de cada universidade fiquem automaticamente em vantagem. Em vez de se privilegiar quem tem "mãozinhas" para guiar, privilegia-se quem tem "dedinhos" para os computadores! É absolutamente ridículo!

Não sei se o único objectivo da prova é publicitar a Seat, o BPN e outros patrocinadores, ou se existe mais do que isso. Se querem descobrir um novo Fangio ou um Schumacher (como eu) no mundo universitário português não será com provas para tótós que o vão encontrar certamente. Dificilmente ele estará entre as paredes do Técnico.

Já não tenho mais nada a acrescentar. Deixo-vos uma fotografia elucidativa com alguns finalistas do ano passado. Reparem bem na forma física dos eleitos. Cada um mais gordo que o outro. Com certeza não irão longe no mundo automóvel.

22 de novembro de 2007

CONTROL DE ALCOOLÉMICA



Isto é um americano. Imaginem então um português!

21 de novembro de 2007

TOP 5 DO MEU RÁDIO INTERNO


Hoje vou divulgar aquelas que são as minhas músicas de eleição.

E quando digo "de eleição" não quero dizer que fui eu que as elegi. Simplesmente o meu DJ interno, que mora mais ou menos aqui entre o ouvido esquerdo e o direito, tem uma espécie de tara por estas sonoridades tão díspares.

Então vamos à escolha do meu João Chaves cerebral:

(sem qualquer ordem específica)

USA for Africa - We Are the World
Esta música, solidária e rica em vozes conhecidas como Michael Jackson e Lionel Richie (os dois compositores), entre muitos outros, ecoa eternamente na minha cabeça. Não é preciso estar a tomar banho ou a passear os cães, basta-me apenas exisitir para isto estar na hitlist dos meus cantares diários. We are the world! We are the children! We are the ones who make a better day, so let's start giving! Não sai da cabeça, é absolutamente indiscritível. É que faço as vozes e tudo. E o côro. É algo que considero já do ramo da psicologia. Talvez tenha tendência para vir a fazer qualquer coisa do fôro humanitário, quem sabe.

Abelha Maia
Nunca vi a série. Não sei nem um quarto da música. Pouco sei da letra. O que é facto é que hora sim, hora não, encontro-me a cantar a Abelha Maia para dentro. Não é a versão ordinária. É a normal. Começo sempre com "Lá num país cheio de cor. Vivia um dia uma abelha. Bem conhecida pela amizade. Pela alegria e pela bondade." Vá agora todos: "Todos lhe chamam a pequena abelha Maia! Maia, Maia, Maia, Maia..." (não gozem... É mesmo assim que eu canto esta parte, porque não sei o resto da letra). Mas a musicata de Tó Zé Brito lá continua a tocar, tocar, tocar... Sem letra. Só mesmo instrumental.

Ben E. King - Stand by Me
Esta é daquelas que faço tudo na música. O batida lá atrás (o tun-tun-tururun-tun-tururun-tun-tun-tun-tun, etc) ocupa a parte não cantada. E assobio. Para além disso tem outra característica imprescindível das músicas que ficam gravadas no ouvido: não tem fim. Não tem mesmo, a sério. Experimentem começar a cantar o Stand by Me que logo vêem. Aquilo chega a um ponto em que a malta acaba por voltar a fazer o tun-run-run e dizer "When the night, has come! And the land is gone!" e recomeça tudo. Sacana do Ben.

Janeiras
Música tradicional portuguesa. Se algum dia tiver uma banda de punk-rock farei uma versão desta maravilhosa canção. Infelizmente acho que só sei a primeira quadra. Vamos cantar as Janeiras, vamos cantar as janeiras, por esses quintais adentro vamos, às raparigas solteiras. E depois vem aquela parte fabulosa do "pampararapiri, pampararapiri, pam, pam, pam, pam!" O que se nota à primeira vista, é que o autor desta melodia tinha uma visão claramente errada a respeito de engatar raparigas solteiras. Eu pelo menos nunca consegui nada com coisas como pampararapiri. Voltando à canção, de notar também que o facto de só saber a primeira quadra faz com que isto mal se ligue na minha cabeça fique em repeat durante largas horas enquanto tenho uma overdose de pampararapiris.

Quim Barreiros - Água de Côco
Provavelmente a mais ordinária e repugnante música de Quim Barreiros. Sim, não me venham com a Garagem da Vizinha e o Mestre de Culinária. Água de Côco atinge os píncaros da ordinarice, para além de conseguir ter a introdução de acordeão mais viciante de toda a história da Humanidade (e que se repete durante toda a música). Envolve côcos e palhinhas, e é tudo o que posso dizer. Vão ouvir a música. Mas com cuidado. Chega mesmo a ser perturbadora. Conheço pessoas que perderam tardes de estudo devido à permanência desta maravilha no seu ouvido interno. E, por estranho que pareça, dá-me para cantar este hino quando estou acompanhado de alguém com quem faço cerimónia. Quando me casar, tudo à minha volta há-de estar a ouvir a marcha nupcial, e eu, absorto nos meus pensamentos, vou estar a trautear entre dentes frases como "Ela segurava o côco! E alisava a palhinha! Para me deixar num sufoco, dava um toque no côco, ai a minha cabecinha!".

E pronto. Aqui estão 5 das músicas que mais me atormentam. Qualquer dia lembro-me de mais.

PS - Haverá coisa mais enervante do que sites que abrem músicas automaticamente quando entramos neles. E quando o som é em MIDI, com umas organetas a imitar flauta de pan? É de arrancar cabelos à mão, e pescoços à machadada. Experimentem entrar neste aqui, de onde saquei a imagem dos velhotes a tocar as Janeiras para ouvirem como se consegue estragar uma música como o Every Breath You Take.

20 de novembro de 2007

OS INGLORIOSOS

Já está. No último mês, os visitantes do Gameirices votaram aqueles que mais se destacaram pela negativa envergando a camisola encarnada do Sport Lisboa e Benfica.

Todos os nomes sonantes do panorama do futebol nacional, super-estrelas das quatro linhas, pés de fada do gramado das Águias foram votados.

Um onze de coxos, pés-de-chumbo, mãos de manteiga, pontapés-canhão, reviengas para fora, pontapés na atmosfera, sarrafadas de fechar os olhos, remates para a Segunda Circular, passes de calcanhar sem querer, muita fífia e roscas a dar com um pau. São estas as principais características deste onze maravilha, um dream team de chorar por mais, ou talvez por nunca mais.

E então, aqui vai. Aplausos! (carregar para ver melhor)


PS - Faz-me pena as ausências de nomes inesquecíveis como Fernando Aguiar, Andrade, Pesaresi, Quim Berto, Sabry, Uribe ou Mawete Júnior...

17 de novembro de 2007

TRIBUTE TO PINK FLOYD

Porque será que já não se fazem bandas destas? Sinceramente é uma pergunta que não sei responder. Os Pink Floyd são sem dúvida alguma, uma das melhores bandas de sempre, e uma das minhas preferidas. Como eles há muito poucos.

O que é que são bandas como os Green Day ou Evanescence ao seu lado? Absolutamente nada, na minha opinião!

Este vídeo foi gravado durante o The Wall Live Tour 1980-81. Enjoy it!



15 de novembro de 2007

EIXO CHÁVEZ-SÓCRATES-JUAN CARLOS/ZAPATERO

O primeiro-ministro José Sócrates vai receber na próxima terça-feira o Presidente venezuelano Hugo Chávez. A cerimónia terá certamente honras de Estado para receber tão "ilustre" senhor. Pelo que adianta o jornal Sol, o encontro servirá para discutir algumas questões relacionadas com a comunidade portuguesa e questões energéticas. Bom... em relação à comunidade portuguesa acho que a conversa vai ter pano para mangas uma vez que o que não faltam são portugueses a desaparecer lá para o meio da selva!

Mas o que realmente há que ter em atenção nesta recepção é que Portugal corre o sério risco de sofrer um ataque terrorista. Não um ataque de um qualquer grupo extremista islâmico mas sim da própria casa real espanhola. É que durante a cimeira ibero-americana, no Chile, o rei de Espanha mandou calar Hugo Chávez quando este apelidava de fascista o anterior primeiro-ministro espanhol, José Maria Aznar. Aliás esse vídeo, que tem corrido mundo também já está disponível no nosso blog que, como sempre, gosta de prestar serviço público. As relações entre estes dois países não estão, portanto, propriamente pacíficas e a visita de Chávez à península ibérica constitui uma forte oportunidade para abater aquele é que provavelmente o homem mais odioso da América do Sul.

Para além do ataque terrorista o Gameirices informou-se, e ao que parece os nossos vizinhos espanhóis já têm uns quantos mísseis balísticos na Extremadura espanhola apontados a Lisboa para eventualidade do ataque terrestre não correr como planeado. Ou seja, isto quer dizer que provavelmente vamos ficar sem Chávez (o que é uma bênção), sem Sócrates e quem sabe sem um ou dois ministros.

Como a nossa polícia não se tinha apercebido de toda esta situação o Gameirices enviou um e-mail à PSP a providenciar toda a informação acerca do caso para que,desta forma os nossos agentes se consigam precaver da situação. Podemos agora afirmar com certeza que não temos nada a reciar.

ONDE ESTÁ O WALLY?


(Abram para ver melhor)

É escusado procurar o Wally. Deve ser a única figura que não esta representada nesta imagem. Mas se procurarem bem até a vossa Bisavó devem conseguir encontar.

FITA-COLA

Quando tinha 4 anos puseram-me fita-cola na boca porque estava a falar muito numa aula qualquer em que apredíamos coisas com plasticina. Provavelmente a composição química da coisa, ou as mudanças de comportamento da matéria a diferentes temperaturas. Ou era isto ou então era fazer pastéis de bacalhau azúis.

Pelo que me lembro eu e mais uns mânfias ficámos ali, a aula toda, de fita-cola (ou fita-gomada que soa tão bem) na boca.

Ao que parece aqui o meu amigo João Carlos (que aparentemente também conseguia transformar Espanhas fascistas de aço em Espanhas democráticas e com a liberdade de brincar com plasticina) também ficou marcado pela fita-cola na boca e agora anda para aí, feito malandro, a mandar calar os colegas mais palhaços de entre a petizada.



O Hugo portou-se mal. Deve ter levado uma nota na caderneta para Caracas.

13 de novembro de 2007

CURTAS II

O mau-a-perder é a atitute mais corajosa dos fracos.

Porquê? Porque se quem perde é fraco, então se acha que devia ter ganho está a pedir um sopapo na fronha.

VAMOS FAZER O MEGAPOST?


Para quem não conhece a figura mítica que é o "megapost", aqui fica a descrição.

O "Megapost" é o ultimate post, o post que rebentará com a escala de qualidade de todos os posts postados até hoje. É o suprassumo do post. Ele é o objectivo de qualquer autor de posts. Só poderá ser feito uma fez, já que a partir do momento em que é publicado todos os posts que poderão serguir-se tornar-se-ão irrelevantes.

Agora a sério.
A história do megapost tem origem numa irritante frase de DGC, várias vezes repetida, e que consiste em perguntar todos os dias se "é hoje que vamos fazer o Megapost?".

Aqui não no sentido de post derradeiro, mas mais num post grandalhão e que dê muito trabalho a fazer e que inclua bigodes lá para o meio.

Não é hoje que vão ter um Megapost.

Esperemos que nunca.

12 de novembro de 2007

ULTIMATO


É com pesar que verificamos que o colaborador RF (que em termos de colaborações nem vê-las) não foi capaz, no período de tempo que decorreu desde a sua admissão no Gameirices, de participar seja de que forma fôr nos trabalhos e teses desenvolvidos (com carinho) por todos. Nem um post, nem um comment, nem nada.

Consideradas todas as hipóteses que teve para participar, RF não soube aproveitar desde 12 de Outubro (exactamente há um mês) as ajudas que prontamente os membros do blog lhe ofereceram.

Sendo que JGP, AV e DGC conhecem respectivamente RF desde os 4, 6 e 10 anos de idade, e tendo em consideração que RF é um recente utilizador das novas tecnologias, as medidas que, noutra situação seriam drásticas, vão reduzir-se a um ultimato, que aqui se oficializa, e que tem como objectivo forçar o colaborador em causa a escrever nem que seja 1 post até final de Novembro, e pelo menos 1 post por mês durante a sua participação como colaborador no Gameirices. Posts em Julho e Agosto não são necessários.

RF é, claro está, o único membro deste blog que se encontra no mercado de trabalho e, como tal, entendemos perfeitamente que as suas contribuições sejam esporádicas. No entanto pedimos este esforço para que tudo corra da melhor maneira, e que satisfaça ambas as partes, sesibilizando RF para o facto de a principal parte prejudicada ser o leitor (especificamente quem procura mudar de viatura).

Sem nada a acrescentar, somos com consideração,

João Gameiro Pais
Duarte Gouveia Coutinho
António Veiga

MERDGESSIO


Sei que estamos expressamente proibidos de falar de futebol, mas depois da vitória de ontem do Benfica frente ao Boavista não posso deixar de dizer qualquer coisa. Não é o jogo que quero comentar, penso que um resultado de 6-1 já quer dizer muita coisa, escuso estar a gastar o meu latim.

Realmente o que há a salientar neste grande jogo em que só faltou o árbitro auxiliar marcar, é que existe um jogador no plantel benfiquista que bem podia estar na lista dos piores avançados do Gameirices. Estou a falar obviamente de Bergessio! O jogador que chegou ao clube esta época ainda não conseguiu marcar um único golo! Onde é que a direcção do Benfica estava com a cabeça quando decidiu contratá-lo? De facto só pelo nome já dá para ver que não nasceu para o futebol - Bergessio. Talvez a patinagem artística, o Ballet ou a jardinagem fosse a sua vocação mas o futebol é que não! Têm sido dadas inúmeras oportunidades ao jogagor e este não aproveita. Nem o penalti de ontem conseguiu converter.

Conclusão... chegou a hora de dizer: FORA BERGESSIO!!

SEM RESPOSTA


Perguntas a que nunca ninguém sabe responder (sem consulta).

1. Quem foi o primeiro Presidente de Portugal: Manuel de Arriaga ou Teófilo Braga?
2. Qual o maior planeta, Terra ou Vénus?
3. Qual o caminho mais rápido dos Olivais para o Areeiro, Olaias ou Av. Gago Coutinho?
4. Quando é que o Benfica é campeão? Hoje ou nunca?
5. O que é aconteceu a 24 de Julho para a avenida ter esse nome? E em que ano?
6. Marechal Saldanha ou Duque de Saldanha?
7. Qual o primeiro nome de Fontes Pereira de Melo? Fontes? E de Almeida Garrett?
8. Quem é maior: França, Alemanha ou Polónia?
9. Quais as capitais do Cazaquistão, Turcomanistão, Quirguistão, Tajiquistão e Usbequistão?
10. Como funciona a cabeça de uma mulher?

11 de novembro de 2007

PEIXEIRADA À ANTIGA PORTUGUESA

Passei à pouco pelo blog do meu primo António L.C., o Voz Própria, e fiquei deliciado com um filme que em baixo vos apresento. Duas "amigas", a Marília e a Catarina (que tem provavelmente a voz mais irritante que alguma vez ouvi) discutem por causa do namorado da primeira. Uma produção de alta qualidade que aconselho a todos os que visitarem o blog...

9 de novembro de 2007

POST PARA ARRASTAR A FOTOGRAFIA DO CALO MAIS PARA BAIXO


Ok. Não se assustem. Eu não incomodo...

Este post é mesmo para fazer aquilo que está descrito. Arrastar a porcaria daquela fotografia de um calo no pé colocada por DGC mais para baixo.

Pelas minhas contas precisamos de mais 18 posts para que aquela vergonha desapareça da página principal. Ou então fazer posts muito longos para isto ficar no cú de Judas (os sensíveis que desculpem a expressão).

E pronto. Bom... Não tenho muito mais para dizer.
Aaa...
Deixa cá ver.
Pois. Não estou com muita imaginação.
É uma coisa chata.
Não chega a melindrar, arrelia só um bocadinho.
Posso contar uma anedota, querem?
Hum...
Então vá lá.
O que é que diz o tubarão para a tubaroa?

Tu baralhas-me!

Ok. Não é do melhor que se vê por aí. Mas anedotas não é o meu ponto forte. O meu ponte forte é mesmo o osso occipital. Que é rijo. Bastante rijo.
Então e esta, hã? Trocadilho com o ponto forte. Teve piada ou não?

Eu pelo menos galhofei.

Bem. Já fiz enters suficientes.
Até qualquer dia, então.
Saudinha. Que é o que é preciso.

PS - Para quem tiver como ponto fraco a geografia, informo que o mapa do país apresentado é o do Chile, onde está neste momento o Aníbal, Sua Excelência o Senhor Presidente da República Portuguesa. Não é por ele lá estar que surge aqui o Chile, mão tão somente para fazer mais espaço e tirar o tal calo dos meus pesadelos.

8 de novembro de 2007

SER BENFIQ...PAGE UNAVAILBLE

Parece que, apartir da corrente altura, JGP passa o lápis azul no blog... a chamada censura. Parece que somos supostos editar posts que permitam aos leitores retirar alguma cultura dos artigos expostos. Ora, eu devia falar de Ballet Clássico mas vou arriscar e tentar falar do meu SLBenfi...

ERROR 174TABU69, the following page is under construction, please try again later

VAMOS INSTRUIR O LEITOR

Parece que o fundador do Gameirices, João Gameiro Pais está um pouco insatisfeito pelos assuntos falados, e alguns discutidos, no blog. Sugeriu-me que escreve-se sobre calos nos pés ou ballet clássico. Confesso que não sou especialista em nenhum dos temas mas como prova da minha amizade vou aceder ao pedido. Mas qual dos dois ei de escolher? É uma escolha bastante difícil... acho que vou falar sobre calos nos pés. Penso que seja bastante mais interessante para os assíduos leitores deste blog.

Há tanto para dizer sobre calos! E é uma coisa bonita e tudo! Bom... acho que vou generalizar o tema e alargar para calos no geral. Assim ainda se torna mais interessante. Mais Cultura=>mais Prazer! Ok... Para ser sincero é porque é o que está na wikipédia, e eu não estou para estar aqui a inventar definições sobre calos! Já é tarde e amanhã tenho aulas de manhã.

Vamos directos ao assunto. Na dermatologia, um calo é uma área dura de pele que se tornou grossa e rígida como uma resposta a repetidos contatos e pressões. Na botânica, o termo também é utilizado com uma condição de rigidez em superfícies de plantas ou folhas. Já que o contato repetido é necessário para a existência do calo, o local mais comum para ocorrência é nas mãos e pés. Os calos geralmente não são nocivos, mas podem ser a fonte de outros problemas, como a infecção. Sapatos apertados podem frequentemente causar calos nos pés. Músicos que tocam instrumentos de cordas desenvolvem calos nos seus dedos devido ao contato com as cordas, mas estes calos são muito desejáveis pelos músicos, já que eles ajudam a aliviar a dor da tensão das cordas. O mesmo acontece com fisiculturistas, que desenvolvem calos nas palmas de suas mãos, aliviando a pressão contra elas dos halteres.

Agora sim! O blog emana cultura!

7 de novembro de 2007

BALANCETE

Vamos falar de maçaricos? Não.

Vamos antes regojizarmo-nos com a mudança de visual do Gameirices. Já não se podia com a côr-de-vinho, bordeux, grená, cor-de-tijolo ou lá o que era aquilo. Era uma óptima imagem, mas ultimamente andava a encontrar muitos blogs que a haviam copiado. Não sei se é por ser um dos templates originais oferecidos pelo blogger, talvez. Optámos, então, por verde seco (não há qualquer tipo de associação com o Sporting... Ups... Mais uma referência a futebol) que alegra a vista mas não a fere.

Além disso, os posts tomaram umas hormonas e alargaram. Agora já não há um espaço inútil à esquerda, continuando, no entanto, a existir um largo espaço de inutilidade no meio.

Temas tabu são agora o futebol (nomeadamente o Benfica) e tudo o que que remeta para pilosodade entre o nariz e o lábio superior.

Sugestões para temas: bordados, xadrez, colecções de caricas, pintura renascentista, jogo da malha, botânica e jardinagem, filosofia e o meu preferido: Plasticina - um simples brinquedo ou algo mais?

Aproveito para dar os parabéns a AV pela sua ressurreição, e também a RF pelo recorde de atraso na publicação de qualquer post de entre todos os colaboradores. Para MAS só tenho uma expressão: volta, estás perdoada! Quanto a DGC, menos cavalos e toiros e mais ballett clássico e calos dos pés.



PS - Ainda a respeito das tonalidades verdes do novo visual. Quem me conhece sabe que não gosto de verdes. Isto é, couves, espinafres, grelos, ervilhas, Sporting, bróculos, etc. Aproveito também para informar que caso alguma vez o caro leitor estiver com insónias venha ver-me a tirar ervilhas de um prato de salada russa. Garanto-lhe que o efeito soporífero é brutal.

ITS'S RAINING CATS AND DOGS!




Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.


Se pensarmos na gramática Portuguesa, sabemos que há três tipos de pretéritos, o perfeito, o imperfeito e o mais que perfeito.
Em relação à hierárquia das ciências passa-se uma coisa do mesmo género. Temos as ciências exactas, como a matemática, as inexactas, como a astrologia, e as ciências mais que inexactas, como a meteorologia.
Eu era um fã da última, até que, quando chegei à República Checa, fui forçado a conhecer as condições do tempo, já que esperava condições diferentes de tudo o que tinha conhecido, em termos climatéricos, até esse dia. Para isso, tive de recorrer às previsões meteorológicas.
Conheci então previsões com antecedência de uma semana, constando de neve para a semana seguinte, previsões estas que, chegada a data prevista, e não se verificando o previsto, avançavam para a semana seguinte, sem tirar nem pôr. Escusado será dizer que a dita neve nunca chegou, embora tivesse, de semana a semana, sido prevista durante todo um mês.
Neste segundo ano em que cá estou, já tenho um certo calo, tendo por isso deixado de ir ver as previsões porque, de facto, as previsões de neve já existem há um mês, mas neve nem vê-la.
Só há uma coisa que realmente me satisfaz nestas previsões, são aqueles dias de máxima 4ºC e minima 6ºC, em que penso "Epá, que chatice, máxima 4" mas depois reparo "Ah, não há crise porque ao menos a mínima é só 6".

PS: Quem souber um bocadinho de matemática, ou mesmo não sabendo nada, vai descobrir que o conjunto de temperaturas referido é um conjunto vazio, mas lá está, não estamos cá para ciências exactas. Se, no entanto, insistirem na matemática, sugiro o conjunto dos números imaginários, porque isto da meteorologia não é para quem quer, é só para quem pode!!

De Plzen
Com os melhores cumprimentos

5 de novembro de 2007

ARVOREDO

Faltam hoje 108 dias para o Dia Mundial da Árvore, e que data melhor para comemorar este dia com que este vídeo janota?

Viva as árvores! Ou serão árveres? Ou árvoros...


No fundo, o que interessa é que Jesus afinal não seguiu as pisadas do padrasto. Da carpintaria para a jardinagem já é um grande passo.

2 de novembro de 2007

TENHA UM BOM 2 DE NOVEMBRO!

Há quem celebre dias tão estúpidos como o 5 de Outubro, 25 de Dezembro (o tal dia de Natal), o 25 de Abril ou até o Dia de Todos os Santos, a 1 de Novembro, mas dá-me ideia que todos se esquecem deste maravilhoso dia, de festividades e alegria, dia 2 de Novembro, o famoso Dia dos Finados, que tem lugar hoje.
Eu só não entendo porque é que recebo 28.350 postais de Natal, sou capaz de receber uns mails aquando dos feriados das revoluções, mas nunca recebo um simpático "Tem um bom Dia dos Finados", ou "Diverte-te neste Dia dos Finados", ou até "Neste Dia dos Finados faça chamadas grátis para Moscovo e Singapura e chamadas de baixo preço para os Açores e Madeira".
Espero, para o ano que vem, receber dezenas de postais comemorativos do dia dos finados, e que isto seja exemplo para o Dia de São Martinho que já aí vem.

De Plzen
Com os melhores cumprimentos

1 de novembro de 2007

CONGRATULATIONS


Venho por este post dar os parabéns ao SLBenfica pela maravilhosa prestação de ontem frente ao Setúbal, e dizer que espero ver presente no plantel inicial do clube, daqui para a frente, o grande Miguelito, e já agora dizer que aquele Leo e aquele Rui Costa, ou lá como se chamam, de facto deviam ficar no banco (ontem viu-se bem que não fazem falta nenhuma!!). Foi chato o SLB não ter ganho ontem, mas de facto, de uma equipa de elite, como a do "Vitórria" de Setúbal, que tem um Pit Bull e outras grandes estrelas do futebol deste século, eu não esperava outra coisa.

De Plzen
Com os melhores cumprimentos

31 de outubro de 2007

IDENTIDADE

Caso não tenham reparado, os três mais antigos colaboradores do Gameires divulgaram algo que até agora nunca o leitor soubera. Não, nem DGC faz ballett, nem AV usa fato-de-treino ao domingo na República Checa, nem MAS come carne crua ao pequeno-almoço. Falo-vos de algo muito mais importante e que não encontramos no texto (ou sub-texto) dos seus posts.

Falo-vos da identidade (ou pelo menos parte dela). Porquê? Porque se virem bem os posts Outro dia na Lusófona (provavelmente com 1 ano de diferença) de 8 de Outubro e Já cheira a castanha assada de 29 de Outubro poderão confirmar a silhueta dos seus próprios autores na iamgem que ilustra o texto. MAS está de costas virada para um dispositivo electrónico com o número das senhas de atendimente da Lusófona, numa fotografia gentilmente tirada por mim; enquanto DGC está a preto-e-branco e na sombra, escondendo-se por baixo de um chapéu e montando a cavalo.

Não resultando, contudo, de uma vontade sua, também AV surge com uma fotografia adulterada no post Manifesto Anti-Veiga assinado por mim e por DGC.

Chega, portanto, assim a altura de revelar quem é este que vos fala.


PEDIDO PÚBLICO DE DESCULPAS A AV

Eu, João Gameiro Pais, fundador do blog Gameirices (e apenas eu, não falando portanto em nome de outros colaboradores), gostaria de, publicamente, apresentar um pedido de desculpas ao cidadão António Veiga, pelos comentários de um post de 24 de Outubro de 2007. O conteúdo do post era de intenção satírica, não se revestindo, portanto, de qualquer equiparação com a realidade. Não tendo qualquer intenção de denegrir ou, de alguma forma, prejudicar o referido cidadão, gostaria de deixar claro que compreendo plenamente as posições referidas, aproveitando para informar que no futuro o senhor colaborador AV, passará a ser referido apenas por Meretíssimo. Sem outro assunto, sou, com consideração,

JGP

AUDI R8

AUDI R8: Bonito, elegante e potente! Estes são os três adjectivos que melhor caracterizam este modelo da Audi. Conta com motor V8 de 4,2 litros que rende 420 cv às 7500 rpm, e o faz acelerar de 0 à 100 km/h em 4,6 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 301 km/h.

Um carro, sem dúvida, fora de série!

Pode ser que alguém na Audi veja este blog e tenha a simpática ideia de oferecer um brinquedo destes ao, também ele simpatiquíssimo, autor do post. Afinal de contas estou a publicitar o carro!



P.S. - Este é para ti Faustão.

29 de outubro de 2007

RESPOSTA! PIM


Os JPG e DGC que estão ao pé do mar,
Na noite de 24/8 ergueram-se a difamar;
À minha roda difamaram três vezes,
Difamaram três vezes a chiar,
E disseram; quem ousou esquecer
Este blog… não entendo,
Meus textos dignos doutro mundo?»
E alguém disse, tremendo,
«O AV da Checa ao fundo !»

«De quem são balelas essas?
Balelas essas que vejo e ouço?»
Disseram os dois, e difamaram três vezes,
Três vezes difamaram, chatos, os moços;
«Quem vem poder o que só eu posso,
que tenho um blog em textos grosso,
e escorro os podres dos outros sem fundo?»
E então alguém tremeu, e disse,
« O AV da Checa ao fundo !»

Três vezes das teclas as mãos ergueu,
Três vezes nas teclas as reprendeu,
E disse no fim de teclar três vezes,
«Aqui na checa sou mais do que eu:
Sou um Povo que não quer o ridículo que é teu;
E mais que os dois, que minha alma teme
E difamam nas trevas do fim do mundo,
Manda a vontade, que me ata à Checa,
Eu, AV da Checa ao fundo

JÁ CHEIRA A CASTANHA ASSADA

Pois é, o mês de Outubro está a chegar ao fim. Isto quer dizer que... provavelmente quem está a ler isto não está a perceber o que é que isso tem de especial. Não, os impostos não vão baixar, nem o João Baião vai ter um novo programa. Realmente o que significa o final de Outubro é que... (suspense)... vai começar Novembro! E Novembro só quer dizer uma coisa: Feira da Golegã!

Esta é uma das melhores alturas do ano. Na Golegã, pelos primeiros dias de Novembro ocorre a maior concentração de pessoas ligadas aos cavalos e à tauromaquia do ano. Em números isto significa dois criadores de cavalos e um ganadero por metro quadrado.

Realmente ninguém falta à feira! Lá encontramos toda a gente! Amigos que já não vemos há 6 meses, alguns grandes amigos que apesar não estarmos juntos muitas vezes nunca deixam de o ser.

Mas não são só os amigos, é o ambiente. O ambiente castiço é o melhor. Cavalos, amigos, água-pé, mais cavalos, frio, castanhas assadas, fados, sevilhanas, mais cavalos, mais frio, jantaradas, vinho, ginginhas, o cheiro, as casetas, presunto, capotes, bares... Todos os anos são iguais e todos os anos são óptimos.

Existe apenas um lado mau da feira de S. Martinho: as pessoas de Lisboa. No chamado fim-de-semana grande, ou seja, na sexta-feira e no sábado, estas pessoas deslocam-se em massa até ao Ribatejo com a única finalidade de apanharem uma bebedeira e dizerem aos amigos que foram à feira da Golegã. É chic dizer que foram à feira da Golegã! Deviam fazer uma selecção à entrada da vila. Quem tivesse um aspecto a armar ao surfista era logo barrado. Para quem não sabe eu odeio surfistas. Acho que devia haver mais tsunamis para os afogar todos, não fazem cá falta.

Parece-me que já estou a divagar um bocado. É melhor terminar o post se não começo a falar de PIBs e políticas macroeconómicas, que é aquilo de que mais gosto. Esta saiu um bocado à Nerd.

Bem...

FIM

P.S. - Fiquem também a saber que o Bento é da Golegã!

COISAS QUE MELINDRAM I


Coisas chatas que já me aconteceram.

1. Acordar de manhã, colocar o pé de fora da cama e pisar vomitado de cão. Quentinho.

2. Ir ao ginásio pela primeira vez em meses e no dia a seguir ter de cortar a relva.

3. Apanhar uma unha cortada a corta-unhas no puré-de-batata da cantiga, para aí no 6.º ano. (Podem perguntar a quem me conhece...)

4. Votar no Mário Soares nas presidenciais de 2006. Sim, fui um dos 14%.

5. Ter uma cólica renal. Ao que parece as dores são piores que as de parto. Essas julgo que nunca terei, por isso a comparação é basicamente estúpida. Não voltem a comparar partos com pedras nos rins, por favor.

6. Ter 99,25% num teste por me esquecer de apresentar um conjunto solução numa equação qualquer básica, depois de a ter resolvido toda. (Este é o tipo de coisas nerds óptimas para engatar quem quer que seja.)

7. Levar uma cacetada no dedo médio da mão quando se está à baliza, devido à incrível capacidade de um colega de conseguir sempre acertar na atmosfera quando remata uma bola. Desta vez, vá lá, não pontapeou ar. Foi mesmo o meu dedo.

8. Perder um boneco do Pateta que a minha mãe me havia trazido da Eurodisney, deixando-o escorregar por entre os dedos a uns bons quilómetros por hora em plena Ponte 25 de Abril e ele sair disparado pela janela aberta. Nunca mais o vi, a esta hora deve estar a fazer um cruzeiro pela costa escandinava. Marcou-me muito, no ano passado.

9. Gastar dinheiro para ir ver o Garfield ao cinema.

10. Ser parado em duas operações stop no espaço de 10 minutos.

Continua...


PS - Não é que me aconteçam coisas destas muitas vezes. Até me considero bastante sortudo no que a não me pedirem para pagar em restaurantes de fast food diz respeito.

24 de outubro de 2007

MANIFESTO ANTI-VEIGA

Basta pum basta!

Uma geração, que consente deixar-se representar por um Veiga é uma geração que nunca o foi! É um coio d’indigentes, d’indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!

Morra o Veiga, morra! Pim!

Uma geração com um Veiga a cavalo é um José Castelo Branco!

O Veiga cheira mal dos pés!

O Veiga cheira mal da boca!

O Veiga não limpa o rabo e tem problemas do foro gástrico!

O Veiga não consegue falar sem mandar perdigotos!

O Veiga está sempre a dizer: "a questão é a seguinte..."

O Veiga veste-se mal!

O Veiga usa ceroulas de malha!

O Veiga é Veiga!

O Veiga é António!

O Veiga é Toni!

Morra o Veiga, morra! Pim!

O Veiga tira macacos do nariz, e come-os!

O Veiga gosta de homens!

O Veiga ressona!

O Veiga tem herpes labial!

O Veiga é portista!

O Veiga votou no Manuel Monteiro! E no Garcia Pereira ao mesmo tempo!

O Veiga não sabe conduzir!

Morra o Veiga, morra! Pim!


João Gameiro Pais
Duarte Gouveia Coutinho

Poetas d'O Gameirices
Futuristas
e
Tudo

JEITAÇA

Este é para aqueles que se queixam que isto é só bigodes e futebol e tal.

19 de outubro de 2007

A ÉTICA E O ESTADO

Hoje apresentei um trabalho de grupo relacionado com a Ética e o Estado. Escolhemos como assunto de debate o Estado e as Campanhas Eleitorais, ou seja a intervenção que o Estado tem no financiamento dos partidos. O assunto gerou bastante discussão e acho que todos gostaram. Inserido na apresentação estava também o filme que a seguir vos apresento. Penso que as imagens falam por si, não vale a pena estar a comentá-las. Espero que gostem.



P.S. - Obrigado também a JPG que ajudou a realizar este filme merecedor do Óscar de melhor documentário.

PIOR DEFESA

Image Hosted by ImageShack.us

Nesta categoria, a época áurea do 6.º lugar em 2000-01 traz-nos quase toda a defesa que compunha o plantel nesse ano. Rojas, Machairidis, Escalona, Geraldo, Dudic, etc. No entanto não nos ficámos por aí e fomos buscar nomes inesquecíveis como Paredão, Tahar, Scott Minto, Amoreirinha ou o inesquecível Éder (que marcou um autogolo num jogo com o Porto)...

Esta é a posição com mais nomeados: 36. Apenas se safaram de ser nomeados 15: Gamarra, Marchena, Meira, Miguel, Caneira, Ricardo Rocha, Luisão, Alcides, Dos Santos, Anderson, Léo, Nélson, Miguelito, David Luiz e Hélder. Se bem que Alcides, Nélson, Hélder (nos últimos anos) e Miguelito tenham quase conseguido.

Vamos a isto. Toca a votar!

18 de outubro de 2007

PIOR GUARDA-REDES

Iniciamos hoje um épico processo que levará à escolha do onze benfiquista que mais voltas deu ao estômago dos amantes do futebol.

Iniciamos a votação pela posição mais recuada dentro das quatro linhas. O guarda-redes.



O Benfica ao longo dos últimos dez anos contou provavelmente com um dos melhores guarda-redes do mundo. Falo-vos de Michel Preud'Homme. O belga que segurou as redes encarnadas durante quase toda a década de 90. De resto a posição de guarda-redes tem sido bem defendida ao longo dos tempos. Robert Enke, Moreira e Quim conseguiram manter posturas dignas. Quase todos os outros não.

Dos 7 nomeados para pior guarda-redes encontramos um que foi suplente de Preud'Homme. Sergei Ovchinnikov. Pouco jogou no Benfica. Depois acabou por se mudar para as Antas, deu que falar durante o processo Vale e Azevedo, e voltou rapidamente para a Rússia onde ainda foi expulso de um clube por agressão a um árbitro. Conseguiu também receber um cartão vermelho frente a Portugal no Euro'2004 por tocar com a mão na bola fora da área.

Outros nomeados, temos Carlos Bossio, famoso pelos seus frangos. Manteiga a mais nas mãos, anos a mais no Benfica.

Ainda alguns suplentes que pouco fizeram como Yannick ou Nuno Santos. Ou mesmo o júnior Rui Nereu que ainda sacou uma boa exibição mas deu uns tantos frangos noutros jogos. Já Zach Thornton prima por ter vindo à experiência e ter sido corrido logo de seguida.

Falta-nos apenas Marcelo Moretto. Ainda fresco na memória está o frango que deu em Paços de Ferreira. Não foi o único. E ainda há aquela insegurança que só ele sabia dar à defesa. Alto sim senhor, mas muito lento, tal como Bossio. Lá foi para a Grécia, provavelmente para não mais voltar.

E assim ficamos, com 7 jogadores para escolher 2: o titular e o aquecedor-de-bancos. Força nisso!

VAMOS OUTRA VEZ A VOTOS


Tirando RF, todos os membros deste blog são confessos simpatizantes do Sport Lisboa e Benfica. Quer MAS, quer eu próprio tiveram passagens efémeras na sua juventude pelo clube da outra ponta da Segunda Circular, aquele ali antes do radar de quem vai em direcção à A1, mas rapidamente viram a Luz.

No entanto, como é sabido, o Benfica não é propriamente o clube que saca pessoas do meio de uma depressão para as pôr nos píncaros da alegria. É mais aquele clube que dá uma alegria ou outra, mas bem espaçada por digamos, unidades temporais na ordem dos anos.

Também não é segredo nenhum que ao longo dos últimos anos, é costumaz ao meu clube do coração adoptar uma estratégia de contratações algo peculiar. Há quem diga que isso sucede desde o início da década de 90, mas como nesse ano preciso eu contava apenas 3 primaveras pouco me lembro desse dealbar do descalabro. Ou seja, quando comecei a ligar a futebol já era normal o Benfica por cada Simão Sabrosa ostentar no seu plantel jogadores do calibre de Bossio, Uribe ou Porfírio.

Por isso, e consultando DGC, dei-me ao trabalho de recolher os piores 100 jogadores do Benfica dos últimos 10 anos. Sim, 100, desde 1997-98... E não se espantem com o número, porque em 10 anos o Benfica teve exactamente 158 jogadores (sem contar com 15 juniores com pequenas aparições na equipa principal). Ou seja, os maus (aqueles que contabilizei) fazem quase 2/3 da malta que jogou de encarnado.

Agora que finalizei a contagem e recolhi 100 fotografias (consegui todos...) resta-me engendrar uma forma de poder colocar a votação por forma a que o caro leitor escolha o seu onze inicial de eleição. Por posições? Por anos? Todos juntos? Escolher eu e o resto dos colaboradores os 25 piores e pô-los a votação? Escolher eu e o resto dos colaboradores os 10 piores por posição e pô-los a votação? Hesito...

Enquanto não o faço, deliciem-se com alguns dos nomes:

Alejandro Escalona, Emanuele Pesaresi, Ivan Dudic, Quim Berto, Andrey Karyaka, Beto, Fernando Aguiar, Paulo Almeida, George Jardel, Mawete Júnior, Toy... Só não dava um onze porque não tem guarda-redes.

17 de outubro de 2007

AGORA SIM

Depois de duas magníficas cólicas renais "derivadas" de um cálculo milimétrico no meu rim esquerdo e que me forçaram a tirar dois dias de presença no Hospital CUF Descobertas, posso, finalmente, anunciar o grande vencedor do prémio mais esperado do ano... Hum... Vá lá, do semestre... Do trimestre... Bem, deste mês...

Então o vencedor do prémio mais esperado da semana é....

(rufos)

ARTUR JORGE!!!

(entra a música da banda filarmónica de Xabregas)

E agora, com mais "peru menor":


Magnífico! Explendoroso! Estonteante! Bem tratado, farfalhudo q.b., cobertura do lábio superior e do inferior (!), simétrico, fofinho. Um bigode de excelência!

E pronto, chega assim ao fim a eleição do bigode universal. Resta-nos dar os parabéns a Quim Barreiros pela feroz luta que deu ao Artur, e agradecer a todos os outros concorrentes.


Por aqui vamos ficar a pensar na próxima eleição promovida pelo Gameirices. Aceitam-se sugestões nos "parlapiês" deste post.


Viva o bigode nacional! Viva!

15 de outubro de 2007

LALALA...

Sei que JPG e MAS não queriam que colocasse no blog este vídeo mas, para sua infelicidade, não resiste em fazê-lo. Já repararam como este pianista alemão é parecido como o Rod Stewart? Aposto que o meu primo VC vai adorar! Esta é para ti puuuuuuuuuto! Devem estar a pensar "mas quem é o VC!?"

Mais uma coisa... Então esse grande vencedor sai ou não sai? Estamos todos ansiosos por saber.

E O BIGODE DE ELEIÇÃO UNIVERSAL É DE...

Chegou ao fim a última etapa de um processo épico iniciado em Julho. Depois de Quim Barreiros e Ned Flanders terem vencido as suas respectivas categorias há umas semanas, chegou a altura de conhecermos qual é, de facto, o melhor bigode a nível universal.


Antes de revelarmos o vencedor, resta-me agradecer a DGC todo o empenho que depositou neste projecto, assim como a todos os votantes conhecidos e anónimos. Ainda um agradecimento ao blog Voz Própria e a António Lopes da Costa pela divulgação.

Vamos então aos resultados.

6.º lugar

Em último lugar, mas mantendo toda a sua dignidade, ficou Super Mario. O canalizador italiano virtual, de bigode tapado por um nariz de batata, encontrou uma forte aliada em MAS que por ele fez campanha na primeira fase. Passou à final mas pouco pôde fazer contra os pesos-pesados que se encontravam em jogo.


4.º lugar

Não há 5.º lugar pois temos um empate entre duas figuras totalmente díspares. Um ex-campeão de wrestling careca, que usa habitualmente tanga e gorro amarelos, com um bigode descolorado de luxo, contornando a boca formando uma espécie de dólmen. Falamos de Hulk Hogan, a única figura internacional do mundo real que chegou à finalíssima.

Empatado com Hogan temos Sua Alteza Real o Duque de Bragança, D. Duarte Pio. Provavelmente o único post do mundo em que se fala dos dois ao mesmo tempo... D. Duarte, Dudu para os amigos, arrecadou 9% dos votos e com dignidade conseguiu um pouco mais de visibilidade para a causa monárquica. Pelo menos no mundo dos amantes do bigode.

3.º lugar

Em terceiro lugar ficou Ned Flanders. Pai de família, viúvo, conservador, amado por todos, detentor de um bigode com cobertura do lábio superior. O vencedor da categoria internacional ficou-se pelo último lugar do pódio. Um excelente resultado para a personagem dos Simpsons, conseguindo 17% dos votos, e chegando a ameaçar a luta entre os dois titãs classificados em 1.º e 2.º.

2.º e 1.º lugares

Não faria sentido anunciarmos primeiro o 2.º lugar já que estragaria o anúncio do verdadeiro vencedor.

Todos sabem da luta épica travada entre as duas bigodaças de Artur Jorge e Quim Barreiros (aqui apresentados por ordem alfabética). Estes dois Senhores (com S maiúsculo) constituem-se como dois representantes de dois campos que são baluartes do bigode nacional: o mundo do futebol e da música popular.

A luta começou com Quim Barreiros a distanciar-se na frente, sendo que só uns dias depois Artur Jorge o apanhou continuando ora à frente um, ora à frente o outro, ora empatados durante todos os dias da votação. Sexta-feira passada Artur Jorge conseguira uma vantagem mais confortável de 2 votos, mas Quim Barreiros acabaria por conseguir uma recuperação notável para 2 dias e até ao minuto final não era possível determinar quem seria o vencedor.

Às 0h00 de Domingo 14 de Outubro para Segunda-feira 15 de Outubro de 2007, os dois encontravam-se separados apenas por um voto. Um voto apenas! E é apenas isso que podemos revelar. Resta-nos saber quem ficou à frente. Será que Joaquim de Magalhães Fernandes Barreiros conseguiu reduzir a vantagem de Artur Jorge Braga Melo Teixeira ou o treinador vencedor da Taça dos Campeões Europeus com o FC Porto em 1987 conseguiu manter-se firme na liderança?

Chegou então a altura.

E o vencedor...







...só será divulgado hoje à noite. Até lá, mantém-se o suspense...

13 de outubro de 2007

PERSPECTIVA


Escher em Lego.

O CRIME II

Passada uma semana o Crime volta a presentear-nos com mais uma manchete de luxo. Nesta edição o meu título preferido é sem dúvida "Alta figura do Estado sob chantagem". O que é que achas JGP?



Ah...se puderem comprem também a Maria. Parece que afinal a Cecília recupera o filho, e mais incrível ainda é que o filho afinal é do Tobias! Estavam à espera? Eu fiquei bastante surpreendido. As voltas que estas coisas dão!



P.S. - Aproveito também para dizer que AV é feio e cheira mal.

12 de outubro de 2007

ENTÃO É ASSIM...


São só três coisinhas...

I. Resultados da votação de Verão

Pois é. No início do Verão este vosso espaço estava ligeiramente estagnado. Depois dos exames em Julho, e de um Agosto no mínimo fraquinho (1 post!) o Gameirices acabou por regressar em força para a época 2007-08. 31 posts (!) em dois meses, 111 visitas na última semana (recorde...) e quase tendo alcançado a marca das 3,500 visitas. Isto vai de vento em poupa.

Caso não se lembrem, ou sejam míopes ou tenham preguiça de deslizar o rato para baixo e olhar para a direita no monitor, tínhamos proposto um referendo para compreender qual a razão/solução da estagnação. Uma votação surpreendente pediu claramente a entrada de um novo colaborador. 60% dos votantes afirmou ser necessário um novo colaborador, contra 27% que preferia manter a equipa de colaboradores intocada, e 12% que propunham alterações mediante a substituição de um dos colaboradores (AV e DGC) e do próprio autor (eu... JGP). Se bem que eu sei de fonte segura que AV fez questão de votar em DGC e em mim duas vezes, equanto que DGC por sua vez se vingou votando em AV umas outras duas. Ou seja, aqui estão os 12% que pretendem expulsões do grupo de colaboradores. Bom ambiente, hein...

Bom. Entretanto mantivemos a votação activa ao longo do Verão todo, mesmo tendo esta sido relativa a uma fase que já passou. Por isso, para que todos vejam como respeitamos os ideais de democracia decidimos convidar RF (42% dos votantes pediu a sua inclusão) para o painel de colaboradores

II. Um ano de colaborações

Nada melhor do que um novo colaborador para comemorar um ano de colaborações com o Gameirices. A 8 de Outubro de 2006 entrava António Veiga, semanas após se ter deslocalizado para a Gronelândia ou lá o que é. Quatro dias depois, a 12 de Outubro, era a vez de Duarte Gouveia Coutinho (ou seja, faz hoje exactamente um ano). Um dia depois apertámo-nos para a entrada do elemento feminino: Mariana de Almeida e Silva.

DGC começou a matar. Um texto dos tempos de liceu sobre a mulher nos dias de hoje, e com 59 linhas. Seguiram-se análises de semanas na nova faculdade e um estudo sobre o típico português na história. MAS entretanto, após algumas dificuldades técnicas inicias, brindou-nos com uma malga de vídeos de participações musicas no Diz Que É Uma Espécie De Magazine. AV começou por se desculpar por simplesmente não comunicar. Julgo que todos os seus posts desde aí foram a desculpar-se de não dizer nada. MAS refilou com a saudosa frase "Gameirices. Onde a falta de graça se alia ao mau-gosto e ao cheiro a fritos." e esta foi votada e mudada. DGC falou de frases e piropos, o Gameirices renouvou a imagem para o actual vermelho pinga, MAS instruiu-nos com bebidas cosmopolitas enquanto troçou da fraca escrita de AV e se deliciou com Iran Costa. Sósias, música country e dúvidas relativas a originalidade de Quim Barreiros foram outros dos temas adoptados por si. DGC descortinou ainda uma relação entre Lili Caneças e o mestre Quim, relação essa sem babydolls. Falou-se de contabilidade, cavalinhos na chuva a correr (ou será comer?), jantares à pala e comunicadoras americanas e lusas de renome. Chinelos, perús, touradas, muita música má, futebol, rugby, porcos-aranha, video clips duvidosos, passagens de modelos, e uma reportagem directamente da República Checa. Por fim, a eleição dos grandes bigodes, que marcou sem dúvida este regresso à ribalta, sendo que aqui devemos congratular DGC, principal impulsionador da coisa.

E assim foi. Um ano. Uma catrefada de posts. Alguma discussão. A questão que vale a pena perguntar é: o que mudou?

Basicamente, nada.

III. Votação para o bigode universal

Por fim, resta-me anunciar que a votação para o bigode universal vai ser prolongada até domingo. Para isso recorro à norma 14783/2006 do Gameirices, que diz isto:
"JGP é o supremo decisor no blog e a sua opinião nunca pode ser contestada; e aquilo que ele quiser fazer será feito sem delongas, especialmente se não lhe apetecer acabar votações de bigodes que dão trabalho a contar votos e mostrar gráficos e arranjar fotografias e escrever muito depois de ter escrito um post grande."

Por isso. Até domingo.

UM ANO DEPOIS: ENVIADO ESPECIAL EM TELHEIRAS

O Gameirices dá as boas-vindas ao nosso enviado especial em Telheiras, Ruben Faustino, que se encontra no bairro do conhecido Carrefour por motivos de vária ordem.

Brevemente se ouvirão as sábias palavras deste novo colaborador.

11 de outubro de 2007

EM BUSCA DA EMPRESA CHINESA PERDIDA

No quotidiado deste vosso servo existem algumas peculiaridades. Hoje vou falar-vos de uma delas.

Desde os tempos de petiz que, sempre que tinha necessidade de apontar algo de importância extrema e que não podia olvidar, utilizava uma caneta e uma mão. Apontava tudo na palma e isso durava-me, digamos, até ao intervalo seguinte. Já que enquanto se é petiz joga-se futebol e isso é meio caminho andado para suar das mãos e consequentemente apagar tudo o que nelas esteja escrito.

Com o aparecimento do aparelho de telefone celular móvel, e, acima de tudo, com a maravilhosa invenção que foi a capacidade de armazenar mensagens na memória do telefone, surgiu toda uma nova perspectiva sobre a temática "apontamento de algo que não me posso esquecer".

De cada vez que me lembro de qualquer coisa, sejam listas de coisas para comprar no Pingo Doce, sejam coisas para falar aqui neste estaminé, sejam sites que me recomendam, sejam músicas para sacar da net... Aaa.... Comprar na net, isso... Comprar. Quem é que falou em sacar? Isto é, seja o que for que eu tenha de anotar, utilizo o telemóvel. Não tenho nenhum PDA, nem nada disso. Um simples Nokia que dá para gravar SMS normalíssimas, como qualquer Alcatel.

Ora isto é muito bom. Mesmo muito bom. Com um pequeno problema. Uma pessoa só se lembra de facto de ir às mensagens gravadas em duas situações. Quando se está na casa-de-banho e não se tem nada para fazer (situação que normalmente não ocorre comigo, já que tenho o Beach Rally no telemóvel) ou então quando surge no dia-a-dia uma razão para acrescentar mais qualquer coisa às mensagens gravadas.

Isto tudo para dizer que, um dia destes qualquer ouvi uma música na Antena 3 que decidi apontar para depois sacar da n... Sacar?! Quem é que falou em sacar? Para depois ir comprar à Valentim de Carvalho, isso sim. Portanto, dizia eu, quando apontei essa tal música deparo-me com uma quantidade imensa de coisas antigas que vinha apontando vai para quase um ano.

Músicas, frases parvas de amigos, medicamentos que me tinham recomendado, e, entre isto, uma relíquia fantástica de quando fui à República Checa.

Uma frase apenas.

Bonita. Longa. Forte. Quente. Imperceptível.

"The strange voice is new to create the notebook video-disc machine. The jpeg picture view, voice replies to read to reply to sing, defend the electric shock and defend to strike by lightning." Qisheng.

Onde é que eu desencantara isto?

Pus-me a pensar e há minutos cheguei a uma conclusão. Isto vi eu estampado numa caixa de um electrodoméstico no colo de um senhor chinês que ia a meu lado no avião entre Praga e Frankfurt. Era um objecto estranho. Tipo antena de televisão. Ou um pára-raios. Não sei bem. Sei que cabia no colo do sr. chinês.

Quando vi a caixa toda em azul e branco, com um hiper-feliz indivíduo asiático com um sorriso que encadeava a vista a apontar para o objecto em questão pousado no chão nem reparei na frase. Só depois, calmamente, pousei a minha vista nestas belas palavras. Rapidamente senti um apelo divino e apontei a frase no telemóvel, enquanto o filho do senhor (com os seus 6 anos) olhava para mim como que a pensar: "O meu papá só compra material do bom. Olha como o estrangeiro aponta a marca e o produto no seu telemóvel para depois ir também comprar..."

Fiquei sem perceber de que se tratava o aparelho, mas levava comigo o nome da marca. Qisheng. Podia sempre ir pesquisar na net para descobrir.

E só hoje é que voltei a olhar para aquilo.

Em português: a voz estranha é nova para criar a máquina de discos-vídeo bloco-de-notas. A visão da imagem jpeg, voz que responde para ler para responder para cantar, defender do choque eléctrico e defender para ser atingido por raios.

A minha parte preferida é o "voice replies to read to reply to sing". Uma voz que responde para ler para responder para cantar.

Qual não é o meu espanto quandou vou lampeiro tentar encontrar a Qisheng no Google.

Um dos resultados é uma empresa de máquinas de ginásio
Outro é uma empresa de artigos de vestuário localizada na capital da moda chinesa Guangzhou.
Na Wikipedia fiquei mais esclarecido:

"The Qisheng (Traditional: 棋聖; Simplified: 棋圣; Pinyin: Qíshèng) is a Zhongguo Qiyuan Go competition."

Portanto, o/a Qisheng é uma competição de Zhongguo Qiyuan Go.

Acho que é melhor começarem a avisar os consumidores. Uma pessoa está à espera de estar a comprar uma voz que responde para ler para responder para cantar e defende de raios, e acaba por comprar máquinas de ginásio, artigos de vestuário ou Zhongguo Qiyuan Gos. Tramado.

CRISTIANO RONALDO, RONALDINHO, KAKÁ...?

A FIFA divulgou muito recentemente a lista de jogadores da FIFA World Player Gala 2007. Nesta gala que decorrerá em Zurique, na Suíça, a organização que rege o futebol mundial irá dar a conhecer o jogador do ano. A grande questão é se Cristiano Ronaldo, com apenas 22 anos, será já este ano o eleito! Numa lista onde constam nomes como Eto'o, Messi, Drogba, Ronaldinho, Kaká, Juninho, Lampard, entre muitos outros, não será fácil, mas todos acreditamos que é possível. Para os mais reticentes deixo um vídeo elucidativo. Enjoy it!

8 de outubro de 2007

OUTRO DIA NA LUSÓFONA (PROVAVELMENTE COM 1 ANO DE DIFERENÇA)


Estou neste momento lado a lado com DGC, num PC generosamente cedido pela ULHT, à espera que os dígitos do painel que numera a fila alterem o 4 para 5 e o 0... para 0, aí sim, poderei ser atendida e finalmente receber o meu cartão de aluna e a respectiva password. Se se tratasse de uma instituição pública, certamente que não teria de estar 4 horas à espera de um pedaço de plástico com a minha fotografia (mal tirada) e nome (mal escrito) para poder saber qual é afinal a minha turma (se é que já a tenho). O dia começou bastante bem, tendo em conta que acordei propositadamente às 11 horas para ligar à sra. da Lusófona que me fez ficar, sem exagero, 1 hora ao telefone para me informar que as ditas aulas começaram a semana passada e que me teria de deslocar à faculdade para ficar na fila e finalmente ter a password que dá acesso ao login do aluno... isto para saber quando e onde tenho aula amanhã. Como é de calcular, deito fumo pelas orelhas só de ver a incompetência dos funcionários (escolhidos certamente a dedo para nos irritarem, é como uma espécie de teste ou prova de ingresso ou se calhar é apenas por preocupação e estão a preparar-nos para um futuro doloroso passado em filas de espera).
DGC e JPG tiveram a amabilidade de se deslocarem à dita istituição e sofrerem um pucaxinho comigo, juntos dos meus lindos e bonitos futuros colegas, que já tive o prazer de evitar.
Como devem calcular, este PC destina-se a consultas de horários e estado das propinas por isso tenho uma fila (para além da da password) de inimigos a olhar para mim de olhos cerrados e armas em punho. Ouvi um "jovem, jovem" mas era para um sr. de 40 anos ao meu lado, de qualquer maneira a criança vai ter de finalizar o post com um "boa sorte" a mim.

6 de outubro de 2007

O CRIME


Adoro este jornal. Cada notícia é melhor que a outra.

6-5

O Benfica em 1982-83.

Bigodes 6
Imberbes 5

5 de outubro de 2007

5 DE OUTUBRO

A maioria dos portugueses associa o 5 de Outubro apenas à proclamação da República Portuguesa. Esquecem-se é de que neste dia, em 1143, aconteceu algo de muito mais relevante para história de Portugal: assinou-se o Tratado de Zamora! Para quem não sabe este é o dia em que geralmente se assinala a independência de Portugal e o início da Dinastia Afonsina. Após a batalha de Ourique em 1139, o arcebispo de Braga, Dom João Peculiar procurou conciliar D. Afonso Henriques e o rei de Castela D. Afonso VII para que se encontrassem em Zamora na presença do cardeal Guido de Vico. Esse encontro realizou-se no dia 5 de Outubro de 1143, e ambos assinaram o tratado que reconhecia a soberania de Afonso Henriques. Este tratado só anos mais tarde veio a ser confirmado pelo Papa Alexandre III em 1179 através da famosa Bula Manifestus Probatum, mas foi a partir de 1143 que foi reconhecido o título de Rei ao fundador de Portugal.

Com este post não estou a tentar retirar importância ao que se passou no dia 5 de Outubro de 1910, mas apenas a lembrar à maioria das pessoas que há uns séculos atrás, no mesmo dia, se passou algo muito marcante e que nunca nos devemos esquecer. VIVA PORTUGAL!