28 de abril de 2008

UM SR. BIGODE III - A VINGANÇA DOS PÊLOS DO PEITO

A saga vai continuando. Desta vez na pacata vila de São Martinho do Porto, onde tias e bigodes convivem num ambiente amistoso mas com 500 metros de praia a separá-los. De facto, esta fotografia foi tirada na zona "nobre" da praia, que fica algures entre os faróis e Salir do Porto.

Mas analisando a peça a fundo... Neste magnífico retrato (RRr), o macho faz-se acompanhar pela patroa, figura essencial na vida de qualquer bom macho latino. É ela que se ocupa do "comer" e dos rebentos que são normalmente umas pequenas lontrinhas que não pesam menos de 55kg aos 8 anos, idade em que são particularmente irritantes. Os petizes comem Bollycao 8 a 9 vezes ao dia enquanto que os progenitores se alimentam de carapau frito, toucinho, entremeada e outras gordurangas nojentas. Na imagem não podemos confirmar o regime alimentar do respeitoso casal mas é certo que terão levado uma rica lancheira com os seus petiscos predilectos. O chefe apresenta um belo fio d'oiro, assim como um reluzente cachucho que é usado para cunhar a cabeça dos filhos quando estes se recusam a comer o pão com Tule (Tulicreme). A clássica tanga também está presente, assim como o guarda-sol (pecando apenas no facto de não apresentar todas as cores da bandeira nacional) e o chanato!

3 comentários:

AV disse...

-Oh filha, come a sande co tule!
-Oh mãezinha, acabei de comer 2 bolicaus e duas hamburguesas...
-Não faz mal filha, tens que ser forte como o teu pai!
(pai com obesidade mórbida que rebola em vez de andar)

JGP disse...

Simplesmente brutal!
A patroa exibindo a sua escolha para Primavera/Verão 2007, da colecção "O baleote encalhado", e o artista do bigode a dizer qualquer coisa como "filha, esconde a perna que eu acho que aquele sacana 'tá-te a mirar!..."

JGP disse...

Já agora, para quem não sabe, o acordo ortográfico não vai só mudar algumas consoantes não lidas.

No caso da palavra "pêlo", que se encontra no título do post, ficará na nova grafia da seguinte forma: "pelo".

O mesmo acontece com as palavras "pólo", "jóia", "herói", "lêem", "dêem", "vêem" e "pára" que se escreverão: "polo", "joia", "heroi", "leem", "deem", "veem" e "para" (com A aberto).