26 de março de 2008

CURTAS VII

Se eu fosse Presidente da Sérvia e o Cosovo fosse a Madeira, nunca haveria uma crise internacional.

Sem comentários: