13 de março de 2008

FESTIVAIS

Vi o Festival da Canção 2008 este fim-de-semana.

Sinceramente pouco me convenceu, mas tenho a ressalvar um aumento significativo da qualidade do programa. Simples, rápido e simpático.

Em termos musicais a coisa foi fraca. Das 10 músicas, 8 falavam do mar e de como é bom ser português. Ganhou uma espécie de versão da Canção do Mar da Dulce Pontes, com a Vânia da Operação Triunfo a esmagar a concorrência. No entanto quer-me parecer que a verdadeira vencedora foi a PT Madeira, que como sempre encheu os bolsos com as chamadas a 0,60€ feitas a partir do arquipélago de Alberto João Jardim.

Quanto ao resto, gostei de 2 ou 3 músicas, mas houve uma que ficou no ouvido. Chama-se Magicantasticamente, e foi produzida pelo Gimba, conhecido produtor musical que devem conhecer do Cabaret da Coxa.

Toca a ouvir...



Digam lá se não era isto que nos ia finalmente dar um lugar no Top 20 do Euro-Festival da Canção? Hoje em dia dou comigo a cantar isto, vezes sem conta... É simples, alegre, descontraída, não fala de mar, altamente original e tem um toque bizarro. Magicantasticanimadelicamente! Fica na cabeça.

2 comentários:

barrera disse...

girinho.
ainda assim, estou convencido que com estes é que íamos lá:

www.myspace.com/fortheglory

abraço,
barrera

Blá Blà Blá disse...

Para quem ficou com a palavra "Magicantasticanimadelicamente" a matraquear dias a fio, aqui vai a página dos Blá Blà Blá: http://www.myspace.com/blablablatrio