26 de novembro de 2007

ZÉ TUGA NO SEU MELHOR

Não sei se reparam mas na passada semana ocorreu uma explosão num prédio em Setúbal. Ao que parece terá sido provocada por uma fuga de gás. A situação em si não tem muita piada, até porque ia mandando para os anjinhos uns quantos moradores. O que de facto me deu vontade de rir foi a peça que a RTP apresentou ontem à noite e que documentava a análise dos técnicos do LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil).

A jornalista (que não sei o nome) começa por descrever o cenário do prédio em risco de colapso como desolador e a fazer lembrar um cenário de guerra. Logo após esta introdução afirma que "durante toda a noite e ao longo do dia de hoje decorreram trabalhos de consolidação do edifício". E quem é que aparece nesse mesmo instante? Zé Tuga, como não podia deixar de ser! Lá está ele! Capacete na carola e bigode lustroso a tapar os buracos das paredes com um bocado de massa. Assim sim! É disto que o país precisa, gente competente. Ora se o edifício está prestes a vir a baixo o que temos de fazer é dar aqui um jeitinho na coisa para ver se isto não cai! E se cair temos de pena. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance. Para quê guardar ressentimentos?

Isto é Portugal!

Não têm nocão da vontade de rir que me deu naquele instante. Parecia mesmo aqueles tesourinhos deprimentes do Gato Fedorento mas versão real.

Confirmem com os vossos olhos e, logicamente pois (como díria o Figo ou o Paulo Bento) com os ouvidos também. Segundo 10'. Muita atenção, vejam aqui.

Sem comentários: