8 de outubro de 2007

OUTRO DIA NA LUSÓFONA (PROVAVELMENTE COM 1 ANO DE DIFERENÇA)


Estou neste momento lado a lado com DGC, num PC generosamente cedido pela ULHT, à espera que os dígitos do painel que numera a fila alterem o 4 para 5 e o 0... para 0, aí sim, poderei ser atendida e finalmente receber o meu cartão de aluna e a respectiva password. Se se tratasse de uma instituição pública, certamente que não teria de estar 4 horas à espera de um pedaço de plástico com a minha fotografia (mal tirada) e nome (mal escrito) para poder saber qual é afinal a minha turma (se é que já a tenho). O dia começou bastante bem, tendo em conta que acordei propositadamente às 11 horas para ligar à sra. da Lusófona que me fez ficar, sem exagero, 1 hora ao telefone para me informar que as ditas aulas começaram a semana passada e que me teria de deslocar à faculdade para ficar na fila e finalmente ter a password que dá acesso ao login do aluno... isto para saber quando e onde tenho aula amanhã. Como é de calcular, deito fumo pelas orelhas só de ver a incompetência dos funcionários (escolhidos certamente a dedo para nos irritarem, é como uma espécie de teste ou prova de ingresso ou se calhar é apenas por preocupação e estão a preparar-nos para um futuro doloroso passado em filas de espera).
DGC e JPG tiveram a amabilidade de se deslocarem à dita istituição e sofrerem um pucaxinho comigo, juntos dos meus lindos e bonitos futuros colegas, que já tive o prazer de evitar.
Como devem calcular, este PC destina-se a consultas de horários e estado das propinas por isso tenho uma fila (para além da da password) de inimigos a olhar para mim de olhos cerrados e armas em punho. Ouvi um "jovem, jovem" mas era para um sr. de 40 anos ao meu lado, de qualquer maneira a criança vai ter de finalizar o post com um "boa sorte" a mim.

1 comentário:

DGC disse...

Foi mesmo uma grande seca! Mas deu para ver que a Lusófona é uma excelente faculdade. Nem sabes como te invejo. Tudo tão bem organizado, boas instalações...enfim, toda uma panóplia de motivos para um aluno se matricular.