18 de outubro de 2007

PIOR GUARDA-REDES

Iniciamos hoje um épico processo que levará à escolha do onze benfiquista que mais voltas deu ao estômago dos amantes do futebol.

Iniciamos a votação pela posição mais recuada dentro das quatro linhas. O guarda-redes.



O Benfica ao longo dos últimos dez anos contou provavelmente com um dos melhores guarda-redes do mundo. Falo-vos de Michel Preud'Homme. O belga que segurou as redes encarnadas durante quase toda a década de 90. De resto a posição de guarda-redes tem sido bem defendida ao longo dos tempos. Robert Enke, Moreira e Quim conseguiram manter posturas dignas. Quase todos os outros não.

Dos 7 nomeados para pior guarda-redes encontramos um que foi suplente de Preud'Homme. Sergei Ovchinnikov. Pouco jogou no Benfica. Depois acabou por se mudar para as Antas, deu que falar durante o processo Vale e Azevedo, e voltou rapidamente para a Rússia onde ainda foi expulso de um clube por agressão a um árbitro. Conseguiu também receber um cartão vermelho frente a Portugal no Euro'2004 por tocar com a mão na bola fora da área.

Outros nomeados, temos Carlos Bossio, famoso pelos seus frangos. Manteiga a mais nas mãos, anos a mais no Benfica.

Ainda alguns suplentes que pouco fizeram como Yannick ou Nuno Santos. Ou mesmo o júnior Rui Nereu que ainda sacou uma boa exibição mas deu uns tantos frangos noutros jogos. Já Zach Thornton prima por ter vindo à experiência e ter sido corrido logo de seguida.

Falta-nos apenas Marcelo Moretto. Ainda fresco na memória está o frango que deu em Paços de Ferreira. Não foi o único. E ainda há aquela insegurança que só ele sabia dar à defesa. Alto sim senhor, mas muito lento, tal como Bossio. Lá foi para a Grécia, provavelmente para não mais voltar.

E assim ficamos, com 7 jogadores para escolher 2: o titular e o aquecedor-de-bancos. Força nisso!

Sem comentários: